Pórticos na entrada da cidade

Há poucos dias estive na vizinha cidade de Áurea e me chamou atenção o seu pórtico de entrada, que retrata a imigração polonesa naquele município. Este modelo de pórtico bem que poderia ser adotado em nossa cidade, na Rua Sidney Guerra, próximo ao trevo da BR 153, que é nossa principal entrada para quem vem do centro do país. O mesmo poderia servir também como uma fonte de informações para quem visita a nossa cidade, ao contrário do pórtico na entrada pela Avenida Sete de Setembro, que não tem nenhuma serventia como ponto de informações.

A iniciativa de construir um pórtico de entrada na nossa cidade foi muito boa, só que o propósito para o qual foi criado virou um “elefante branco”, sem serventia. Porque não construir um pórtico com as características do nosso Castelinho e telhado com telhas de barro, e não com vidro como o da Avenida Sete de Setembro, daí poderia servir como um local de informações para quem chega a Erechim.

 

Por Egidio Lazzarotto

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais