Município disponibiliza 1.500 consultas especializadas em oftalmologia

O município de Erechim adquiriu, via modalidade de credenciamento, 1.500 consultas especializadas em oftalmologia. Após finalização do processo quatro clínicas/consultórios especializados aderiram ao credenciamento para realizarem o quantitativo proposto, o Instituto de Olhos Santa Luzia, Clínica Oftalmoplástica, Clínica Tavares e Tavares e Clínica de Olhos Erechim.

Nessa semana as consultas começam a ser realizadas, seguindo a ordem de encaminhamento e, aos poucos, os usuários serão chamados um a um.

O objetivo, segundo o secretário de Saúde Jackson Arpini, visa atender a demanda reprimida na área de oftalmologia que se formou ao longo de vários anos a partir de encaminhamento da atenção primária (12 Unidades Básicas de Saúde).

O Município mantém convênio com a FHSTE para realizar 625 consultas especializadas ao mês, em diversas áreas como urologia, reumatologia, vascular, cardiologia, neurologia, cirurgia, entre outras, inclusive em oftalmologia.

“Como a demanda é muito grande, partindo do pressuposto que a partir de certa idade um percentual da população manifesta problemas com a visão, o Município adquiriu esse quantitativo para fazer frente à demanda reprimida, atuando em três frentes, através da marcação via convênio com a FHSTE, encaminhamento para o serviço de referência SUS, na cidade de Aratiba, e, agora, via consultas especializadas adquiridas das clínicas privadas”, pontua.

Arpini também manifesta que o objetivo da aquisição é agilizar as consultas nessa especialidade, tendo em vista a grande demanda existente, fruto de encaminhamentos mais antigos e da demanda atual que se mantém elevada. A Pasta solicita a compreensão dos usuários da Rede Municipal de Atenção à Saúde para que aguardem o contato da secretaria, que observará com critério a ordem de classificação. “Não podemos deixar de observar que a cidade possui mais de 100.000 mil habitantes e, boa parte desse contingente, com o passar da idade, necessita de atendimento em oftalmologia”, argumenta o secretário.

“Estamos avançando significativamente para vencer a demanda reprimida em diversas áreas especializadas, com redução expressiva do tempo de espera e, em algumas, eliminação total da demanda reprimida”.

O secretário também aproveitou para agradecer os profissionais médicos dessa especialidade que aderiram ao chamado do município (via credenciamento), o que demonstra uma interação dos profissionais privados com a Saúde Pública e o compromisso com a comunidade no qual estão inseridos. “Quando falamos em ações e serviços de saúde uma das palavras chaves é a das parcerias”, finaliza

Comentários estão fechados.