Ypiranga marca duas vezes na etapa final, bate Atlético-AC e cola no G-4

Com gols marcados no segundo tempo, o Ypiranga venceu o Atlético-AC por 2 a 0, neste sábado (6), no estádio Colosso da Lagoa, em Erechim, pela 11ª rodada do grupo B do Campeonato Brasileiro da Série C e entrou de vez na briga por uma vaga no G-4. Os gols do triunfo do Canarinho sobre o Galo Carijó, sob um frio que chegou a 1º C com sensação térmica de -2º C, foram marcados por Marcinho e Wagner, aos seis minutos e aos 20 do segundo tempo.

COMO FICAM

O Ypiranga soma 16 pontos e está em quinto lugar, um ponto atrás de São José-RS, Remo e Paysandu, segundo, terceiro e quarto colocados, respectivamente. O Atlético-AC segue na lanterna do grupo com sete pontos.

PRÓXIMOS COMPROMISSOS

O Ypiranga volta a campo no sábado (13), contra o São José-RS, no estádio Passo D’Areia, em Porto Alegre (RS), às 16h. O Atlético-AC recebe o Boa Esporte no domingo (14), no estádio Florestão, em Rio Branco (AC), às 19h. Os jogos são no horário de Brasília.

PRIMEIRO TEMPO

Os 45 minutos iniciais foram de equilíbrio, muita marcação e poucas oportunidades claras de gol. As melhores chances foram dos donos da casa, que pararam em Ruan. Marcinho, aos 10 minutos, finalizou após saída errada de bola na defesa do Atlético-AC e o camisa 1 celeste mandou para escanteio. No fim do primeiro tempo, Marco Antônio cobrou falta da entrada da área e Ruan evitou o gol da equipe gaúcha. Do lado do Atlético-AC, as principais tentativas ofensivas foram com Ermel, mas sem sucesso e sem qualquer incômodo do goleiro Deivity.

SEGUNDO TEMPO

O Atlético-AC começou a etapa final fazendo o que não fez durante todo o primeiro tempo: chutando no gol. Ermel finalizou aos três minutos, mas Deivity defendeu sem problemas. Foi a única ação de defesa do goleiro durante a partida. Um minuto depois, o Galo Carijó teve a melhor chance de abrir o placar no jogo, mas Bruno desperdiçou. A partir daí, o Ypiranga tomou as rédeas do jogou e Deivity passou a ser espectador dentro de campo. Aos seis, Marcinho não perdoou. O camisa 7 recebeu ótimo passe de João Vitor e finalizou de pé esquerdo na saída de Ruan para abrir o placar no Colosso da Lagoa. Com Ermel muito marcado, o Atlético-AC não consegui sair do sufoco. Aos 15, Fidélis arriscou de fora da área e a bola tocou na trave antes de sair pela linha de fundo. Cinco minutos depois o time gaúcho ampliou a vantagem. Após cobrança de escanteio para a área do Atlético-AC, o goleiro Ruan não saiu, a defesa não cortou e Wagner apareceu para empurrar a bola para o fundo da rede. O Ypiranga ainda teve chances de aumentar o placar, mas não o fez. O Atlético-AC mais uma vez sucumbiu e segue o martírio na zona de rebaixamento.

Fonte: globoesporte.globo.com

Comentários estão fechados.