Homem que matou mulher a facadas em Mariano Moro é preso em Erechim

O suspeito de matar uma mulher a facadas, na noite de sexta-feira, 06 de julho, no município de Mariano Moro, foi preso horas depois por brigadianos, em Erechim.

Segundo informações divulgadas, Marli Ivete Roberto, 51 anos, residia em Concórdia/SC e estava visitando Darci Cabral, o Cabralzinho, em Linha Gruta, comunidade no interior de Mariano Moro, quando, por razões ainda não divulgadas, ele matou Marli, desferindo-lhe dezenas de facadas.

O crime ocorreu por volta das 19h e a Brigada Militar passou a fazer buscas pelo suspeito. Os policiais foram informados de que ele teria fugido em direção a Erechim e conseguiram localizá-lo no bairro Progresso, por volta das 2h da madrugada deste sábado (07).

Cabralzinho, que anteriormente também residia em Concórdia, onde havia sido indiciado por homicídio em 1993, foi apresentado na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento de Erechim, onde teria confessado o crime, e após conduzido ao Presídio Estadual.

 

Por Alan Dias

Comentários estão fechados.