Mais testes podem explicar número de casos do coronavírus, mas não mortes em Passo Fundo, diz governador

Nos últimos dias e devido aos últimos decretos de medidas que estão sendo adotadas pelo Governo do Estado, autoridades municipais tem questionado o fato de Passo Fundo estar realizando um número maior de testes com relação a outras cidades. Um dos exemplos é Caxias do Sul, que possuí um número de habitantes maior que Passo Fundo e um número de casos confirmados de coronavírus menor.

O assunto  foi comentado pelo governador Eduardo Leite na tarde de ontem (06). Anteriormente, ele também viu essa contestação ser feita pelo próprio prefeito Luciano Azevedo.

Segundo o governador, isso até pode ser verdade, no entanto, o número de óbitos não demonstram que é uma questão de mais testagem. Ele explicou que, se a cidade possuísse um número maior de testados, o número de óbitos seria menor. Ressaltou que os dados apresentados no município são objetivos e incontestáveis e mostram que existe uma situação diferenciada na nossa região.

Falando sobre os dados que mais pesam no novo distanciamento social controlado para a definição das bandeiras, o governador disse que o modelo dá um maior peso para as informações mais objetivos, que no caso são os dados incontestáveis, como ocupação hospitalar e óbitos.

Fonte: Rádio Uirapuru

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais