Concórdia ultrapassa os 200 casos de coronavírus

Testes em monitorados têm alto índice de negativados em Concórdia

O índice de testes rápidos, aplicados em pessoas que estão sendo monitoradas, tem sido baixo para positivados. Desde a última terça-feira, 5, a Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Vigilância Epidemiológica, tem aplicado testes rápidos em pessoas que aparecem como monitoradas, nos boletins oficiais. O procedimento tem seguido o que preconiza a organização Mundial de Saúde – OMS, que pede para que as pessoas sejam testadas. A iniciativa do poder municipal objetiva conhecer o atual cenário da epidemia e estimar qual seria o pico da doença no município.

Nos primeiros três dias de testes, que estão sendo aplicados nos domicílios dos monitorados, já que estes devem permanecer em isolamento social, foram realizados 76 testagens. Destas, apenas 10 pessoas foram positivadas e outras 66 com resultado negativo. Isso significa que apenas 13,15% dos monitorados, foram positivados nos três primeiros dias da ação. Outras pessoas devem ser testadas os próximos dias. Lembrando que são apenas os monitorados com sintomas, que já atingiram o período necessário para a realização do teste (mais de oito dias com sintomas). Muitos monitorados não apresentam sintomas, já que eles entram também neste grupo por ter tido contato com um paciente positivado.

Estes 10 pacientes identificados como positivos, dificilmente entrariam nas estatísticas dos casos positivados, pois seus sintomas são leves e isso impossibilita a realização dos exames de Covid-19, diante do fluxograma estabelecido pelo Ministério da Saúde.

Conforme a prefeitura, com estes testes de monitorados mais os casos confirmados como de costume, Concórdia alcançou nesta quinta-feira, dia 07, a marca de 202 casos. São 26 a mais em relação a quinta-feira. Ainda na noitede hoje, a administração vai informar o número de suspeitos e demais dados.

Fonte: Rádio 96,3 FM/Concórdia

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais