Interessados em entrar na UFFS têm que fazer o Enem

Universidade lembra que nota do exame é a única forma de acesso aos cursos gratuitos da instituição; na UFFS não há vestibular

Com a abertura das inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) reforça: quem quiser ingressar em um dos cursos de graduação gratuitos da instituição, tem que fazer a prova. É com a nota do Enem que o candidato poderá se inscrever, depois, no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) – método utilizado pela maioria das Universidades Públicas para a seleção dos alunos.

O reforço é válido. No início do ano, com a divulgação do Sisu, é comum a UFFS receber telefonemas de candidatos perguntando “quando ocorre o vestibular” da Universidade. Lembre-se: não há vestibular na UFFS. O Enem é a porta de entrada para a instituição.

A exceção é apenas para o curso de Licenciatura Interdisciplinar em Educação do Campo: Ciências da Natureza. Por ter um caráter diferenciado, o ingresso neste curso ocorre por processo seletivo especial. As inscrições para este seletivo, aliás, estão abertas até sexta-feira (10). No site www.uffs.edu.br

você pode conferir todas as informações.

No Campus Erechim, os cursos ofertados pela UFFS e com ingresso via Sisu, são: Agronomia, Arquitetura e Urbanismo, Ciências Sociais, Engenharia Ambiental e Sanitária, Filosofia, Geografia, História e Pedagogia.

As inscrições para o Enem acontecem até o dia 17 de maio no site enem.inep.gov.br.

Comentários estão fechados.