Interessados em entrar na UFFS têm que fazer o Enem

Universidade lembra que nota do exame é a única forma de acesso aos cursos gratuitos da instituição; na UFFS não há vestibular

Com a abertura das inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) reforça: quem quiser ingressar em um dos cursos de graduação gratuitos da instituição, tem que fazer a prova. É com a nota do Enem que o candidato poderá se inscrever, depois, no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) – método utilizado pela maioria das Universidades Públicas para a seleção dos alunos.

O reforço é válido. No início do ano, com a divulgação do Sisu, é comum a UFFS receber telefonemas de candidatos perguntando “quando ocorre o vestibular” da Universidade. Lembre-se: não há vestibular na UFFS. O Enem é a porta de entrada para a instituição.

A exceção é apenas para o curso de Licenciatura Interdisciplinar em Educação do Campo: Ciências da Natureza. Por ter um caráter diferenciado, o ingresso neste curso ocorre por processo seletivo especial. As inscrições para este seletivo, aliás, estão abertas até sexta-feira (10). No site www.uffs.edu.br

você pode conferir todas as informações.

No Campus Erechim, os cursos ofertados pela UFFS e com ingresso via Sisu, são: Agronomia, Arquitetura e Urbanismo, Ciências Sociais, Engenharia Ambiental e Sanitária, Filosofia, Geografia, História e Pedagogia.

As inscrições para o Enem acontecem até o dia 17 de maio no site enem.inep.gov.br.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais