Explosivista e outros cinco integrantes do grupo que atacou bancos em Paraí são identificados

Foram identificados seis dos sete criminosos que participaram  da tentativa de ataque ao Banco do Brasil e Sicredi em Paraí, a 90 km de Passo Fundo na madrugada desta sexta-feira, 6.

Considerado pela Polícia Civil o explosivista da quadrilha, Eroni Francisco Tauchen Lourenço, de 44 anos, é natural de Osório e estava na condição de foragido.

Lourenço levava às costas uma mochila com cerca de 6 kg de explosivo e outros artefatos para detonar o material.

Os outros integrantes do grupo criminosos que foram mortos no centro de Paraí foram identificados como sendo  Flávio Alessandro Graminhas de Freitas, natural de Cruz Alta e que atualmente morava em Guaporé, e Emerson Chagas Fernandes, Jonatan de Souza Dutra, Emanuel Terra dos Santos e Jorge Luis dos Santos Rosa Júnior.

Um dos corpos ainda não foi identificado.

A exceção de Lourenço, todos os outros envolvidos tinham menos de 30 anos.

Fonte: Rádio Uirapuru

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais