Ex-alunas lembram com saudades de seus ‘tempos de São José’

Lourdes Maria Cerioli Ferretto, 87 anos, e Carmita Lourdes Kreische, 85, saúdam Colégio pelo 95º aniversário

Ao completar 95 anos no próximo dia 19 de março, o Colégio Franciscano São José de Erechim pode se orgulhar de formar, ao longo das décadas, milhares de jovens que se tornaram expoentes da sociedade local.

É o caso das ex-alunas Lourdes Maria Cerioli Ferretto, 87 anos, e Carmita Lourdes Kreische, 85. Determinadas e ainda atuantes em suas respectivas áreas de atividade (comércio), as duas lembram com saudades do período escolar – das aulas de música, com a irmã Consolata, às aulas de bordado, com a irmã Amabilis.

Enquanto Lourdes Ferretto entrou no colégio com 9 anos, depois de período de alfabetização realizado em Joaçaba/SC; Carmita ingressou no São José com 6 anos (no Jardim de Infância) – onde aprendeu a ler. Ao completar o Ginásio, com pouco mais de 18 anos, saiu para trabalhar como secretária.Em comum as duas guardam momentos puros e felizes de uma infância que era vivida de um modo diferente dos tempos contemporâneos. ‘As Irmãs Franciscanas eram muito bacanas, mas também rígidas – completando aquilo que aprendíamos em casa’, resgata Carmita, para quem as aulas de geografia eram as preferidas e os bordados renderam, até, o enxoval de casamento, tempos depois. Já Lourdes Ferretto, fã de matemática, diz sentir falta do convívio com as colegas e amigas que a instituição de ensino legou. A dupla também rememora os desfiles cívicos de 7 de Setembro, e os uniformes de uso obrigatório – incluindo o ‘domingueiro’, mais pomposo.

No sorriso sincero e amigo de ambas, porém, resta a certeza de que, geração após geração, o Colégio Franciscano São José trabalha com a proposta de formar cidadãos íntegros e atualizados ao seu tempo, seja ele qual for. A certeza é corroborada pelo fato de que as filhas de Carmita Kreische, Liliane e Jane, também passaram pelas fileiras do colégio, bem como o neto de Lourdes, Fernando Arpini Ferretto, que saiu do Ensino Médio do São José para a PUC, onde cursa Engenharia da Computação.

Comentários estão fechados.