Vereadores aprovam projeto de auxílio-transporte aos servidores públicos de Erechim

Com 13 votos favoráveis, o projeto de auxílio-transporte aos servidores públicos de Erechim foi aprovado na primeira sessão extraordinária de 2020, na tarde desta terça-feira (7). Os três votos contrários são dos vereadores Rafael Ayub, Gilson Serafin e Eni Scandolara.

O projeto era considerado polêmico pelas divergentes opiniões. Há aqueles que entendem que a empresa não atua em todos os bairros da cidade e não acompanha a expansão. Também não está buscando formas de sobreviver no mercado, nem mesmo se reinventando.

Outros dizem que tal auxílio não irá resolver a vida dos servidores, é apenas um “penduricalho”, como citado pela vereadora Eni durante a sessão. Ainda, acreditam que tão logo os reflexos serão sentidos com o aumento da passagem.

O executivo teria encaminhado o projeto, mas sem citar o impacto que o mesmo iria causar. Entretanto, um membro do governo relatou que o valor poderá ultrapassar os R$ 600 mil mês.

Por Carla Emanuele 

 

 

Comentários estão fechados.