Vereadores aprovam projeto de auxílio-transporte aos servidores públicos de Erechim

Com 13 votos favoráveis, o projeto de auxílio-transporte aos servidores públicos de Erechim foi aprovado na primeira sessão extraordinária de 2020, na tarde desta terça-feira (7). Os três votos contrários são dos vereadores Rafael Ayub, Gilson Serafin e Eni Scandolara.

O projeto era considerado polêmico pelas divergentes opiniões. Há aqueles que entendem que a empresa não atua em todos os bairros da cidade e não acompanha a expansão. Também não está buscando formas de sobreviver no mercado, nem mesmo se reinventando.

Outros dizem que tal auxílio não irá resolver a vida dos servidores, é apenas um “penduricalho”, como citado pela vereadora Eni durante a sessão. Ainda, acreditam que tão logo os reflexos serão sentidos com o aumento da passagem.

O executivo teria encaminhado o projeto, mas sem citar o impacto que o mesmo iria causar. Entretanto, um membro do governo relatou que o valor poderá ultrapassar os R$ 600 mil mês.

Por Carla Emanuele 

 

 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais