Dê olho na hora de comprar: Procon/RS disponibiliza lista com quase 500 sites não confiáveis

Com a proximidade das festas de finais de ano, período em que os consumidores vão em busca de produtos com preços mais acessíveis, a internet acaba sendo uma ferramenta que facilita as compras. Contudo, alguns cuidados devem ser levados em consideração para que o consumidor não tenha prejuízos.

Participando do quadro Direito do Consumidor desta semana, o professor de direito da UPF, Franco Scortegagna falou sobre o assunto ao responder um questionamento de ouvinte. O ouvinte relatou ao professor que havia feito a compra de um tênis pela internet em novembro e não teria recebido o produto. Também não conseguia contato com o site que havia efetuado a compra. O professor alertou que entre os cuidados necessários para compras na internet, o mais importante deles é a verificação se o site em questão é ou não confiável.

Scortegagna lembrou que o Procon do Rio Grande do Sul lançou uma lista com 498 sites que não são recomendáveis para compras. Desta forma, antes de efetuar qualquer tipo de compra pela internet, o consumidor pode verificar se a empresa consta nesta lista, evitando futuros problemas. Confira a lista dos sites no link a seguir: https://procon.rs.gov.br/procon-rs-disponibiliza-lista-de-sites-nao-recomendados-para-compra-na-black-friday

Fonte Rádio Uirapuru

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais