Acadêmicos de Medicina Veterinária da URI realizam visita técnica

             Acadêmicos do Curso de Medicina Veterinária da URI (turma 2018) realizaram uma visita técnica à Cabanha Don Cortes, em Erechim, especializada em ovinos PO da raça Poll Dorset. Os proprietários, o Médico Veterinário Wilson Radaelli e a Engenheira Agrônoma Simone Radaelli, recepcionaram a turma e realizaram uma explanação sobre a raça que se destaca pela produção de carne com gordura reduzida.

        Segundo Radaelli, os cordeiros apresentam rápido crescimento, atingindo mais de 30 kg ao desmame e o rendimento de carcaça chega a valores entre 54% até 60% com mais carne e menos gordura. A raça produz também boa qualidade de lã com boa aceitação no mercado.

        Os alunos também participaram de uma aula prática onde puderam realizar o casqueamento, aplicação de vermífugo, avaliação da idade dos animais, entre outros aspectos. A propriedade conta também com “Aprisco”, instalação para recolher os ovinos durante a noite ou para confiná-los. Segundo os criadores, esse recurso tem grande importância na proteção do rebanho contra predadores e contribui para diminuir a taxa de mortalidade de cordeiros devido a épocas onde as condições ambientais são desfavoráveis.

        Os produtores têm também um casal de cães da raça Pastor Maremano, animais com aptidão para tomar conta de rebanhos ovinos. A cabanha conta ainda com vários piquetes de Tifton 85 no verão, sendo que no período do inverno são cultivados azevém e aveia. A Engenheira Agrônoma Simone Radaelli apresentou a cultivar de capim elefante anão BRS Kurumi que está sendo implantada na propriedade que se destaca por apresentar alto potencial de produção de forragem com excelentes características nutricionais.

        Para o professor Amito Teixeira, que ministra a disciplina de Ovinocultura, “a atividade na Cabanha Don Cortes foi extraordinária, pois a “nova safra” de Médicos Veterinários formados na URI Erechim pode intensificar a produção de ovinos na região do Alto Uruguai Gaúcho contribuindo para modernizar e qualificar ainda mais a cadeia produtiva da ovinocultura de corte”.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais