TSE confirma registro da candidatura de Altemir Tortelli

Nesta terça-feira (06), o Tribunal Superior Eleitoral, por decisão do ministro Edson Facchin, deferiu o registro da candidatura do deputado estadual Altemir Tortelli, acatando recurso encaminhado contra a decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/RS) que, no dia 17 setembro, indeferiu o referido registro.

“Infelizmente, a decisão chega tarde, uma vez que não obtivemos a reeleição inclusive por conta dos impactos da definição inicial do TRE em plena campanha eleitoral. O prejuízo foi irreparável e irreversível”, avalia Altemir Tortelli. “Outras candidaturas usaram a medida inicial do TRE para fragilizar nossa campanha, informando eleitoras e eleitores de forma maldosa e oportunista que a decisão seria definitiva e que, ao votarem em nossa candidatura, estariam perdendo o seu voto”, afirma.

A decisão de hoje repõe a verdade sobre a conduta e a condição de elegibilidade defendidas por Tortelli durante toda a campanha eleitoral. No entanto, não reverte o prejuízo acarretado à candidatura pelo pedido de impugnação apresentado pelo Ministério Público Eleitoral, pela decisão do TRE e pela morosidade da justiça em primeira instância em relação ao encaminhamento de recursos ao TSE. A não reeleição, avalia o atual deputado em segundo mandato, acarreta prejuízos à agricultura familiar, ao Alto Uruguai e às trabalhadoras e trabalhadores que tinham em Tortelli o seu legítimo representante.

“Ainda que alijado do espaço no legislativo gaúcho, tão importante, sobretudo neste momento de necessária resistência aos ataques à democracia, aos direitos da classe trabalhadora e às políticas públicas, seguirei na luta”, assevera Tortelli.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais