Drone vira arma contra desmatamentos na região

A Polícia Ambiental (PATRAM) de Erechim está utilizando um drone para combater o desmatamento no Alto Uruguai. Com a ajuda do aparelho, no último dia 28 de setembro o órgão localizou duas áreas de mata que estavam sofrendo com a ação do homem. Uma foi localizada em Campinas do Sul e a outra em Paulo Bento.

No primeiro caso o desmatamento tinha por finalidade aumentar a área de plantio na propriedade. Entre as árvores derrubadas havia pinheiros, angicos, tibo, canela. Além disso, o proprietário da área escondia toras no meio da plantação para tentar esconder da fiscalização e a localização das mesmas ocorreu pela utilização do drone.

Em Paulo Bento, o proprietário queria transformar a área em lavoura de produção.

Segundo o comandante da PATRAM em Erechim, tenente Tiago Bernieri, posterior à localização das áreas suspeitas os policiais realizam uma comparação com fotos de satélite e nas propriedades de Campinas do Sul e Paulo Bento, “juntas, as áreas desmatadas somaram 15 mil metros”. Os proprietários foram multados e responderão criminalmente pelo fato.

Além de encontrar as áreas desmatadas, no mesmo dia a PATARM flagrou uma empresa de reciclagem lavando máquina contaminada com resíduos de lixo em um rio que abastece residências em Paulo Bento. O fato ocorreu no momento em que equipes passavam pela cidade e flagraram a ação. A empresa foi multada e responderá criminalmente pelo crime ambiental de poluição.

Por Alan Dias 

Comentários estão fechados.