Drone vira arma contra desmatamentos na região

A Polícia Ambiental (PATRAM) de Erechim está utilizando um drone para combater o desmatamento no Alto Uruguai. Com a ajuda do aparelho, no último dia 28 de setembro o órgão localizou duas áreas de mata que estavam sofrendo com a ação do homem. Uma foi localizada em Campinas do Sul e a outra em Paulo Bento.

No primeiro caso o desmatamento tinha por finalidade aumentar a área de plantio na propriedade. Entre as árvores derrubadas havia pinheiros, angicos, tibo, canela. Além disso, o proprietário da área escondia toras no meio da plantação para tentar esconder da fiscalização e a localização das mesmas ocorreu pela utilização do drone.

Em Paulo Bento, o proprietário queria transformar a área em lavoura de produção.

Segundo o comandante da PATRAM em Erechim, tenente Tiago Bernieri, posterior à localização das áreas suspeitas os policiais realizam uma comparação com fotos de satélite e nas propriedades de Campinas do Sul e Paulo Bento, “juntas, as áreas desmatadas somaram 15 mil metros”. Os proprietários foram multados e responderão criminalmente pelo fato.

Além de encontrar as áreas desmatadas, no mesmo dia a PATARM flagrou uma empresa de reciclagem lavando máquina contaminada com resíduos de lixo em um rio que abastece residências em Paulo Bento. O fato ocorreu no momento em que equipes passavam pela cidade e flagraram a ação. A empresa foi multada e responderá criminalmente pelo crime ambiental de poluição.

Por Alan Dias 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais