Cancelado o edital de asfaltamento das 32 ruas e da escola infantil

Na última quinta-feira (4) era para a prefeitura de Erechim ter aberto as propostas para o asfaltamento de 32 ruas e a construção da escola infantil do Bairro Copas Verdes, mas de última hora o prefeito Schmidt cancelou os editais. O motivo seriam as inúmeras exigências de um jovem auditor do Tribunal de Contas de Frederico Westphalen.  “As exigências são tão grandes que eu nunca tinha visto numa licitação. O novo editor está exigindo que se coloque quanto será gasto em pneus nas obras e até a marca dos mesmos. Qual a composição das fechaduras das portas e durabilidade e, por aí vai. São quase 500 itens exigidos que o departamento técnico da prefeitura não tem como responder e nem de onde tirar essas informações. Se persistirem essas exigências a população de erechinense vai continuar com os buracos nas ruas, sem escola e a prefeitura, com R$ 100 milhões em caixa. Se o presidente do TCE do Estado, Iradir Pietrowskil, não tomar uma atitude, Erechim ficará nas mãos de um jovem auditor de Frederico Westphalen”, desabafou um dos técnicos da prefeitura, no qual preservamos seu nome.

Diante da gravidade das informações procurei ouvir outras pessoas que confirmaram a informação. “Na próxima semana o secretário de Obras, Vinicius Anzilieiro e, o nosso procurador, Dr. Coffy, vai até Frederico falar com auditor para ver o que podemos fazer para atender essas informações”, destacou o prefeito Schmidt. Até pouco tempo o município de era atendido pelos auditores do Tribunal de Conta de Passo Fundo, de uma hora para outra passou para a cidade de Frederico Westphalen. Enquanto isso nós continuamos com os buracos e os alunos do bairro Copas Verdes sem escola.

Por Egidio Lazzarotto

Comentários estão fechados.