Estratégia da Polícia Civil busca manter acusados presos por mais tempo em Erechim

Na última sexta-feira, 03 de agosto, cumpriu mandado de prisão contra Jean Lucas Prestes Jager, 23 anos, suspeito de praticar uma série de furtos de veículos, todos na modalidade qualificada, em Erechim. Jager já se encontrava preso e foi comunicado de sua nova prisão preventiva no interior do presídio.

Ele havia sido preso preventivamente no último dia 23 de julho, pois investigação realizada pela 1ª Delegacia de Polícia o apontou como autor de pelo menos cinco arrombamentos a estabelecimentos comerciais no centro da cidade.

A decisão judicial que decretou a prisão preventiva de Jager foi tomada a partir de uma representação protocolada pela Defrec junto ao Poder Judiciário local. Conforme as investigações, desde que ele saiu do presídio, em 25 de abril deste ano, o número de furtos de veículos aumentou consideravelmente na cidade, e a apuração realizada pela Polícia Civil conseguiu comprovar sua participação em diversos casos.

Segundo o delegado titular da Defrec, Gustavo Ceccon, “considerando-se o histórico de Jean, especialmente a sua insistente reiteração na prática de crimes, o novo pedido de prisão é uma estratégia da Polícia Civil para mantê-lo mais tempo preso e assim proporcionar uma maior segurança para a população”.

Foto: Defrec / Divulgação

Comentários estão fechados.