Candidatas ao título de Rainha da Frinape 2018 realizaram prova escrita

Esta segunda avaliação tem peso de 25% sobre o total das notas

As candidatas ao título de Rainha da Frinape 2018 participaram, neste sábado, 4, da 2ª avaliação do Concurso de Escolha das Soberanas. Conforme regulamento, a prova escrita tem peso de 25% sobre o total das quatro notas que farão a somatória para o resultado final. A prova foi aplicada no Polo de Cultura, a partir das 8h30min, e se estendeu até às 11h30min. Após o término, as provas foram entregues, todas juntas, para o Juiz Dr. Juliano Rossi, auditor do Concurso, que as entregou para a Comissão Julgadora, para conferência e nota.

A prova constou de quatro questões dissertativas, abordando quatro tópicos da História de Erechim e Região do Alto Uruguai Gaúcho e da história das Frinapes. As questões foram baseadas nos conteúdos constantes no Material de Apoio disponibilizado, no Livro “Erechim – Retratos do Passado Memórias no Presente” e de outras fontes bibliográficas. Os textos da prova escrita foram avaliados observando-se os seguintes critérios: Conteúdo – tema, argumentatividade, consistência crítica na expressão do ponto de vista, originalidade e autoria; Estrutura – organização do texto e dos parágrafos, conforme tipologia solicitada; coerência e coesão entre orações, períodos e parágrafos; Desempenho Linguístico – adequação vocabular conforme norma culta padrão ou linguagem solicitada, convenções ortográficas, aspectos de concordância, regência e pontuação.

Os Jurados desta etapa foram: Professora Dra. Helena Confortin – Professora da URI Erechim, Doutora em Letras; Professora Aida Fabro Mendes – Diretora da Escola Estadual João Germano Imlau, Especialista em Língua Portuguesa e Literatura; Professora Márcia dos Santos Caron – Professora da URI Erechim, Licenciada em História e Mestre em História; e Professora Neusa Cidade Garcez – Professora da URI Erechim, Mestre em História Íbero Americana.

Antes do início da prova as candidatas sortearam um pseudônimo – entre nomes de flores –, registraram em uma ficha com os nomes que representam, colocaram em um envelope, lacraram e entregaram às fiscais, sem que estas tomassem conhecimento dos pseudônimos de cada uma. As provas foram identificadas somente com os pseudônimos, para evitar que também as juradas soubessem de quem eram as respostas.

Ao final da correção, por volta das 14h30, as juradas entregaram a planilha com as notas, bem como as provas para o auditor do Concurso de Rainha da Frinape 2018, o Juiz de Direito Dr. Juliano Rossi. Ele também recebeu das responsáveis pela prova os envelopes lacrados com os nomes das candidatas e os pseudônimos, colocou-os no envelope, lacrou na presença das juradas, que também rubricaram o envelope, sendo que este ficou em poder do Magistrado. Este envelope somente será aberto pelo auditor no dia da quarta avaliação, o Desfile de Passarela, que acontece no dia 25 de agosto, no Ginásio de Eventos da URI Erechim.

DESFILE DE CARROS

A terceira avaliação das candidatas será no próximo sábado, 18, com o Desfile de Rua pelo centro da cidade, a partir das 10h. Esta avaliação terá peso de 10%. O ponto departida será na Avenida Sete de Setembro, em frente ao Estádio do Ypiranga e será percorrida toda extensão das Avenidas Sete de Setembro e Maurício Cardoso, com retorno na Rua Portugal. O encerramento do desfile será na Praça da Bandeira, em frente à Prefeitura Municipal, onde será feita a foto oficial do evento com as Candidatas, Princesas, Prenda e Corte da Frinape 2015, Prefeito Municipal, Presidente da ACCIE, Vereadores e demais Autoridades.

Comentários estão fechados.