Nova geração pode contribuir com crescimento do futsal, aponta ala do Atlântico

Vini chegou ao Clube nesta temporada e fala sobre a importância de oportunidade a jovens atletas

O Atlântico é há algum tempo uma das principais equipes do futsal brasileiro. O clube está em um grupo seleto de equipes que já conquistaram títulos como a Taça Brasil, a Libertadores e o Mundial de Clubes.

No Clube, jovens também tem a oportunidade de mostrar seu talento em quadra. É o caso do ala Vini, de 22 anos e que chegou este ano para defender a equipe pela primeira vez. Para o atleta, ter a oportunidade de atuar em uma equipe com a importância do Galo, “faz acreditar que se está no caminho certo”.

“Conquistar a oportunidade de defender uma grande equipe como o Atlântico logo no início da carreira nos faz acreditar que estamos no caminho certo. Não é fácil disputar uma das principais ligas de futsal do planeta (LNF), mas mais difícil ainda é manter-se por vários anos em alto nível. A pressão e cobrança por resultados são diárias, porém vamos agregando muitas experiências pelo caminho”, salienta ele.

Além disso, Vini acredita na evolução do esporte. “O futsal tem muito a crescer e acredito que a nova geração que vem por aí, com muito foco e profissionalismo, pode contribuir com esse crescimento”, acrescenta.

Outro ala, Dyego Zuffo, do Barcelona, é uma espécie de espelho para Vini. “Sempre acompanho os jogos dele e procuro aprender vendo ele atuar. Um jogador decisivo, que chama a responsabilidade e um dos principais atletas da nossa seleção”, enfatiza.

Vini já teve também a oportunidade de atuar pela Seleção Brasileira. Foi em 2017, na

na Liga Sul-americana. “Hoje meu pensamento está em construir uma identidade no Atlântico, fazer uma grande Liga Nacional e por consequência do meu trabalho, no futuro poder ter a oportunidade de voltar a ser convocado para a Seleção”, completa o jogador do Galo.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais