Unicred prepara Assembleia Geral Ordinária

Prazo para inscrição de chapas ao Conselho de Administração encerra segunda-feira (9), às 17h

A Unicred realiza sua Assembleia Geral Ordinária no próximo dia 23 de abril às 19h30 no Anfiteatro da Unimed. Na ordem do dia já consta, entre outros itens, a eleição para o Conselho de Administração.

A fim de encaminhar o assunto foi nomeada a Comissão Eleitoral, que é integrada pelo coordenador, Luiz Felipe Barreneche Leães, e pelos secretários Mário Lourenço Tormen e Sérgio Moreira Moura. A importância da participação dos cooperados foi ratificada pelo médico Luiz Felipe. “A Assembleia Geral Ordinária é o momento mais importante da cooperativa e do seu sócio, pois é quando ele recebe todas as informações do que aconteceu no exercício anterior e se inteira sobre como ela está, sendo, portanto, sua participação de grande relevância, já que a AGO é o órgão máximo e todas as ações advêm desse momento”, declarou.

Luiz Felipe comentou, ainda, sobre o novo momento da Unicred Erechim com o aprimoramento da sua gestão por meio da governança corporativa, em cumprimento à lei e às exigências do Banco Central, com a definição específica de tarefas do Conselho de Administração e Diretoria Executiva mais moderna e proativa que trará ainda mais segurança aos cooperados”, acrescentou.

O prazo para inscrições de chapas ao Conselho de Administração, que foi aberto no dia 05 de abril, encerra na segunda-feira (09), às 17 horas, com a inscrição devendo ser feita na sede da cooperativa. Na terça-feira (10), a Comissão Eleitoral voltará a se reunir para analisar a documentação e homologar as inscrições.

Podem concorrer cooperados que estejam em dia com suas operações junto à cooperativa e que cumpram os requisitos do Regimento Eleitoral. A eleição será realizada durante a Assembleia por meio de votação secreta, com o escrutínio das urnas em seguida. Serão eleitos nove conselheiros, observando a exigência de renovação de, no mínimo, 1/3.

Entre outros requisitos para ser membro do Conselho de Administração estão ter participado de, pelo menos, uma Assembleia Geral Ordinária entre as duas últimas que antecederam o processo eleitoral e já ter exercido, pelo menos uma gestão como conselheiro fiscal titular da cooperativa.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais