Lucas Farina propõe criação de Frente Parlamentar em Defesa da Educação Pública

O vereador Lucas Farina (PT) teve seu requerimento para criação de Frente Parlamentar em Defesa da Educação Pública, Gratuita e de Qualidade aprovado por unanimidade em plenário na última semana. Citando o educador Paulo Freire, com a célebre frase “Educação não transforma o mundo. Educação muda as pessoas. Pessoas transformam o mundo”, o parlamentar reforçou na tribuna o papel imprescindível da educação para o desenvolvimento socioeconômico do país, do estado, do município e da região do Alto Uruguai.

Farina lembrou que, no segundo semestre de 2017, foi criada a Comissão Especial em Defesa da Educação Pública, Gratuita e de Qualidade, tendo como principais objetivos reunir as instituições de ensino público e privado, compreender melhor suas dificuldades e potencialidades, bem como, auxiliar nas suas demandas buscando manter e melhorar uma educação de qualidade. Segundo o vereador, as principais dificuldades na época eram referentes aos crescentes cortes de recursos financeiros às universidades federais, institutos federais, Universidade Estadual do Rio Grande Do Sul (UERGS), bem como nas escolas públicas estaduais.

“Na contramão dos que acreditam que a educação é uma importante ferramenta de desenvolvimento, diversas ações dos governos estão promovendo um verdadeiro desmonte da educação. Fechar as escolas, institutos e universidades é algo visto com antipatia pela sociedade, em muitos casos tem se obtido quase o mesmo resultado através do corte de recursos, que causam o parcelamento dos salários, diminuição de vagas, cortes na assistência estudantil que limitam a continuidade de estudos a muitos alunos. Com isso, as estruturas vão se deteriorando, há redução nas pesquisas, baixa a qualidade e diminuí a quantidade da merenda escolar. Desta forma as escolas vão fechando naturalmente”, reforçou o edil.

Conforme explicou o vereador, por decréscimo de prazo, a Comissão Especial se extinguiu. “Como vimos, as dificuldades enfrentadas pelo setor da educação só se agravaram. Sendo assim, reforçamos a importância da criação da Frente Parlamentar em Defesa da Educação Pública, Gratuita e de Qualidade, permitindo desta forma dar sequência a esse importante debate tornando-o permanente, considerando que a educação é a base para o desenvolvimento”, enfatizou, lembrando sempre que nada se constrói sozinho. “Para que aconteça realmente uma mudança positiva na educação é preciso a união de esforços, com a participação de todos, incluindo entidades, sociedade civil, comunidade escolar, poderes públicos e toda a comunidade em geral”, concluiu Farina.

Comentários estão fechados.