Locomotiva será transferida de Museu Ferroviário de SC para Marcelino Ramos

O turismo de Marcelino Ramos e da região está recebendo um reforço literalmente peso-pesado. A prefeitura, em parceria com a Associação Amigos da Ferrovia, conseguiu junto ao DNIT em Brasília a Cessão de Direito de Uso de cinco bens ferroviários, entre eles uma imponente Locomotiva SKODA fabricada em 1949 na extinta Tchecoslováquia. O Portal de Marcelino teve acesso ao Termo de Cessão de Uso que foi assinado há poucos dias em Brasília pela diretoria de Infraestrutura Ferroviária do Ministério dos Transportes e pelo prefeito Juliano Zuanazzi de Marcelino Ramos. Além da Locomotiva, serão transferidos para o município um Sino, um Relógio de Parede, uma Mesa e um Banco de Plataforma. A concessão de uso, de acordo com o Termo assinado no dia 27 de fevereiro, é para 20 anos podendo ser renovado desde que as partes respeitem as cláusulas contratuais.

Locomotiva aguardando restauração

Locomotiva aguardando restauração

 LOCOMOTIVA SKODA
A Locomotiva SKODA Santa Fé 203 que foi cedida ao município de Marcelino Ramos  encontra-se atualmente no Museu Ferroviário de Tubarão em Santa Catarina. Por telefone a administradora do Museu informou ao Portal de Marcelino que a Locomotiva encontra-se em estado avançado de deterioração em razão da ação do tempo. Ela não está guardada em barracões em razão da falta de espaço e esse foi um dos motivos que levou o Governo a ceder para municípios interessados em recuperar este patrimônio. A Locomotiva impressiona pelo tamanho e foi trazida para a América pela Argentina sendo usada muito na década de 60 e 70. NO Brasil ela funcionou até o início dos anos 80 e foi abandonada em razão da chegada das novas máquinas. Ela tinha capacidade para puxar de 25 a 30 vagões, mas uma das suas dificuldades era quanto a regiões onde existiam muitas curvas, com alto risco de descarrilhar. O Museu informou que ainda este ano ela deverá ser removida do local. Em 2016 uma comitiva de Marcelino Ramos esteve em Tubarão onde tiveram acesso a máquina.

 

A RESTAURAÇÃO

A notícia da Cessão de Uso é uma grande conquista e deve ser muito comemorada, pois foi dado um grande passo nesta luta encabeçada pela Associação Amigos da Ferrovia com apoio da sociedade civil e da prefeitura. Mas há muita água, ou trilhos, para avançar pela frente. A remoção da LOCOMOTIVA de Tubarão para uma oficina especializada de restauro exigirá um trabalho delicado e oneroso. Estima-se que só neste transporte sejam necessários cerca de R$ 80 mil. Já a recuperação total da LOCOMOTIVA, deixando ela em condições de rodar novamente, seriam necessários cerca de R$ 2 milhões. Caso se consiga estes valores via leis de incentivo à cultura, a recuperação levaria mais dois anos. Oficinais especializadas neste serviço existem em SC, mas não se descarta trazer a máquina para alguma empresa especializada na região de Erechim.

 

Por Marcelo Santos / Portal de Marcelino Ramos

Comentários estão fechados.