Sete criminosos são mortos pela polícia durante assalto a banco em Paraí

A comunidade de Paraí, município de 7,3 mil habitantes e que fica distante 90 km de Passo Fundo, viveu momentos de terror na madrugada desta sexta-feira, 6, quando duas agências bancárias foram atacadas. Era por volta de 2 horas quando um grupo criminoso armado chegou na região central da cidade onde funcionam três bancos próximos uns dos outros. Segundo informações da Polícia, os criminosos utilizavam explosivos e estavam portando armas longas.

Após invadir as agências do Banco do Brasil e do Sicredi houve um grande confronto com a polícia.

Um morador que falou ao vivo com a Rádio Uirapuru e que preferiu não se identificar disse que foram mais de 10 minutos de intensa troca de tiros. Sete criminosos foram mortos. Nenhum policial ou morador ficou ferido na ação.

As informações preliminares dão conta de que pelo menos três corpos estão dentro de uma das agências bancárias atacadas e outros quatro estão espalhados nos arredores dos bancos.

Peritos do IGP de Passo Fundo se deslocaram até o município de Paraí para realização do trabalho pericial.

Devido à presença de explosivos,  o grupo de ações táticas especiais da Brigada Militar (GATE) foi acionado e estão no município para remoção dos artefatos.

Um banco no município de Segredo, distante cerca de 200 KM de Passo Fundo também foi atacado. Cinco criminosos usaram explosivos para abrir o caixa da agência. Ainda não há informações se há relação entre os ataques.

Susto no meio da noite

Um morador relatou que mais de 200 tiros foram disparados. “Foram mais de dez minutos de tiros. Acordei o guri (filho) e a esposa e nos escondemos no banheiro”, disse o morador que preferiu não se identificar.

Ação da polícia

O Sub Comandante Geral da Polícia, Vanius Cesar Santarosa disse que não se tem a informação de que outros criminosos estejam envolvidos. “Neste caso específico não temos informações de que criminosos tenham fugido. Todos estão na cena do crime no centro de Paraí” disse.

Conforme a polícia os explosivos não chegaram a ser detonados. “A suspeita é que material esteja nas mochilas dos criminosos. Não há sinais de explosão porque o confronto ocorreu antes” explicou o Sub Comandante.

Vanius Cesar Santarosa informou que a polícia já dispunha de informações que um possível ataque a banco poderia ocorrer na região e por isso agentes da polícia foram posicionados em locais estratégicos.

Lojas que ficam na área central de Paraí tiveram vitrines quebradas. As ruas onde o confronto ocorreu seguem interditadas e as agências bancárias estão isoladas.

Aguarde mais informações.

Fonte: Rádio Uirapuru 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais