Oferta de cursos abertos a distância no IFRS completa um ano com mais de 13 mil participantes

O mês de março de 2018 marca um ano da oferta de cursos abertos a distância no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS). Foram registrados, até o momento, a participação de 13.251 cursistas em 27 cursos nas áreas de educação, exatas, idiomas e informática. “Esses números representam a consolidação do Projeto Institucional do IFRS, no âmbito da EaD, que muito tem contribuído para que nossa Instituição chegue até a comunidade e tenha alcance nacional e internacional”, comemora a Pró-reitora de Ensino, Clarice Monteiro Escott. Assim como outras oportunidades oferecidas pelo IFRS, os cursos de Educação a Distância (EaD) são totalmente gratuitos e abertos a participação de qualquer pessoa, possuem cargas-horárias que variam de 4 a 40 horas e não contam com processo de seleção. Todos os concluintes aprovados recebem certificado ao término do curso.

Conforme a coordenadora de EaD do IFRS, Júlia Marques Carvalho da Silva, os cursos abertos têm atendido comunidades para além das regiões onde o IFRS tem campus. São estudantes de todos os estados brasileiros, com destaque para o interior de Goiás, Espírito Santo, Maranhão e Tocantins. Há também alunos de outros países, como França, Guiana e Japão. “Temos cursistas de todas as idades e níveis de ensino. Os cursos abertos que tem por finalidade democratizar o acesso à educação, eliminando processos burocráticos desnecessários”, destaca. Ainda de acordo com Júlia, são alunos de 10 a 80 anos, e isso abrange desde àqueles que nunca tiveram educação formal até doutores.

“Já fiz vários cursos na modalidade a distância no ambiente virtual do IFRS e sempre quando abre a inscrição de um novo curso na área de educação procuro realizar a inscrição e fazê-lo. O IFRS disponibiliza cursos de excelente qualidade e disponibilizam certificados e isso é uma atitude empreendedora, inclusiva e democrática e que oportuniza qualificação de profissionais”, conta Leandro Martins, cursista da cidade de Uruguaiana/RS.

Uma das ações que se evidencia na EaD é o Pré-IFRS. Ele consiste em um espaço para preparar postulantes a uma vaga nos cursos técnicos e superiores do Instituto para o processo seletivo. Nesta opção os candidatos têm acesso a provas simuladas de processos seletivos anteriores próprios e de outras instituições, a maioria resolvida e comentada pelos professores. Há também informações sobre o IFRS e seus campi.

São utilizadas nos cursos técnicas de gamificação que preveem o uso de métodos que promovem o engajamento das pessoas em jogos para dentro dos cursos. “A utilização dessa metodologia permite aos alunos melhor acompanhar sua aprendizagem através de recursos como barra de progresso, além de receberem recompensas a exemplo do acesso a novos conteúdos a partir de sua participação. A gamificação também foi utilizada para auxiliar o estudante na compreensão do funcionamento dos cursos”, explica Júlia.

Conquistas

Os cursos abertos a distância possibilitam promover a instituição. Através deles, a comunidade pode conhecer a qualidade do IFRS. Ainda, eles fazem parte do processo de institucionalização da EaD, que inclui a presença dos Núcleos de Educação a Distância em todos os campi, a aquisição de equipamentos e materiais de apoio à alunos e servidores, como câmeras, microfones, cadernos e camisetas.

Os cursos com inscrições abertas e mais informações podem ser encontradas no site ead.ifrs.edu.br.

O IFRS

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS) é uma instituição federal de ensino público e gratuito. Conta com cerca de 19 mil alunos e mais de 200 opções de Cursos Técnicos e Superiores de diferentes modalidades em vários municípios do Estado. Oferece também Cursos de Pós-graduação e dos Programas do governo federal.

O IFRS atua com uma estrutura multicampi. Possui os campi de Alvorada, Bento Gonçalves, Canoas, Caxias do Sul, Erechim, Farroupilha, Feliz, Ibirubá, Osório, Porto Alegre, Restinga (Porto Alegre), Rio Grande, Rolante, Sertão, Vacaria, Veranópolis e Viamão. Entre seus objetivos está promover a educação profissional e tecnológica de excelência e impulsionar o desenvolvimento sustentável das regiões.

Foi criado em 29 de dezembro de 2008, pela lei 11.892, e pertence à Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica. A Reitoria está localizada em Bento Gonçalves. Saiba mais no endereço eletrônico www.ifrs.edu.br.

Comentários estão fechados.