Paparico Bacchi propõe movimento para fortalecer Hospital Santa Terezinha

Proposta foi apresentada para prefeitos de três regiões

O deputado Paparico Bacchi, líder do PL na Assembleia Legislativa, defende a união de forças para viabilizar a construção de um novo prédio para o Hospital Santa Terezinha de Erechim. A proposta foi apresentada nesta quinta-feira (5), durante reunião ordinária da Associação de Municípios do Alto Uruguai. A reunião coordenada pelo prefeito de Marcelino Ramos e presidente da Amau, Juliano Zuanazzi, contou com a presença dos prefeitos Leomar José Foscarini (Sananduva) e Gilmar da Silva (Ametista do Sul), que presidem a Associação de Municípios do Nordeste Riograndense (Amunor) e Associação dos Municípios da Zona da Produção (Amzop).

Paparico Bacchi acredita que é possível buscar recursos para execução do projeto por meio de emenda de bancada junto ao orçamento da União. O assunto, segundo o ex-prefeito de São João da Urtiga, já está sendo discutido com o coordenador da bancada federal em Brasília, deputado Giovani Cherini, que aguarda demonstração de interesse por parte dos municípios que utilizam os serviços de saúde do hospital que atende pelo Serviço Único de Saúde (SUS).

“É preciso dotar o Hospital Santa Terezinha de infraestrutura adequada para atender a população. São mais de 600 mil pacientes que tem esta instituição como referência na área da saúde pública e que carece de investimentos e precisa modernizar-se”, ressalta Paparico Bacchi.

Falando aos prefeitos, Paparico Bacchi sugeriu a coleta de pelo menos 30 mil assinaturas para embasar um requerimento que será entregue a deputados e senadores gaúchos no dia 25 de outubro, em Erechim. A intenção é convidar os parlamentares de Brasília que venha a Erechim receber o documento.
“Precisamos de união para mostrar nossa força e reduzir a distância entre as regiões. Tenho a certeza que a pauta do Hospital Santa Terezinha é o melhor caminho para aproximar as regiões Nordeste, Produção e do Alto Uruguai”, finalizou.

Comentários estão fechados.