Assembleia da Hospinorte é realizada na Associação Hospitalar Marcelinense

Associados aprovam Relatório de Atividades e o Balanço Geral do exercício anterior

A Associação Hospitalar de Marcelino Ramos (AHM) foi sede, na manhã do dia 24 de maio,
da Assembleia Geral Ordinária da Hospinorte – Associação de Hospitais e Estabelecimentos de Saúde
do Norte do Estado do Rio Grande do Sul. O encontro dos associados teve como pauta a análise e
aprovação do Relatório de Atividades e o Balanço Geral do exercício anterior; e assuntos gerais. A
AGO foi coordenada pelo presidente da Hospinorte, Claudiomiro Carus, que também ocupa o cargo
de Superintendente Geral do Hospital de Caridade de Erechim. Além dos associados, a AGO ainda
contou com a presença do presidente da AHM, Carlos Venturin, e boas-vindas do médico Dr. Claudio
Kamijo.

A apresentação do Relatório de Atividades de 2017 foi feita pela coordenadora administrativa
da Hospinorte, Ediana Pedroso, e o contador da entidade, Éder Spitcza, apresentou o Balanço Geral,
com o resultado contábil do exercício de 2017 e explanou a situação financeira da entidade em 31 de
dezembro de 2017, assim como as demonstrações contábeis com o balanço patrimonial, as notas
explicativas e o parecer do Conselho Fiscal, que foi favorável à prestação de contas. Tanto o Relatório
de Atividades como o Balanço Geral foram aprovados por unanimidade.

A ASSOCIAÇÃO HOSPITALAR MARCELINENSE – AHM

O Hospital de Marcelino Ramos foi construído em 1950, pelo seu fundador, Dr. João da
Silveira, que manteve atendimento até 1974, quando veio a falecer. Pelo fato de ser o único médico
que atendia os pacientes, ficou fechado por dois anos.

Após esse período, surgiram novas empresas que foram alugando o hospital até a década de
90, quando o Dr. Claudio Frederico Kamijo assumiu a administração realizando reformas e
implantando novos serviços, mantendo o Hospital em funcionamento até a criação da Associação
Hospitalar Marcelinense (AHM), que foi fundada em 28 de março de 2014.

Desde então, vem prestando serviços hospitalares nas áreas de Clínica Geral, Cirúrgica,
Ginecologia e Obstetrícia, Urgência e Emergência e Saúde Mental. Dentre os atendimentos 90% são
pelo SUS e o restante se dividem entre planos de Saúde (Unimed, IPE, Coopusaúde, Cabergs) e
particulares. Conta com 52 leitos e oferece exames de Laboratório e Raio-X e serviço de Fisioterapia.
Em 27 de setembro de 2016, a Associação foi certificada como Entidade Filantrópica. Desde
sua criação, a AHM vem sendo reestruturada para melhorar seus atendimentos e buscar novos
serviços que atendam a demanda da região.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais