Em sessão polêmica câmara de Marcelino Ramos aprova projeto de R$ 1,5 milhão para pavimentação de ruas

Em uma sessão polêmica, onde os vereadores da bancada de oposição se retiraram para não votar o projeto, a câmara de vereadores de Marcelino Ramos aprovou na noite desta segunda-feira (04) o financiamento de R$ 1,5 milhões para obras de pavimentações de várias ruas no município, incluindo o balneário. O financiamento via FINASA, liberado pela Caixa Econômica Federal, será pago em 10 anos, com 24 meses de carência. As ruas que constam no projeto que serão financiadas são: Dr João da Silveira, Rua Caxias, Bento Gonçalves, Rua Erechim (parte), Rua Santa Catarina (parte), Rua Senador Atílio Fontana, Rua Dr Meireles Leite, Rua Silva Jardim, Rua 13 de Maio e Rua Beijamim Constante. No Balneário a Rua Ipe Roxo, Rua do Loro, Rua da Palmeira e Rua do Cedro.Na justificativa do projeto, também constam outras informações, onde o poder executivo diz que o distrito de Coronel Teixeira vai ter pavimentação via emenda parlamentar. Os acessos aos bairros Vista Alegre, Cruzeiro, Treze de Maio e Sétimo Céu também serão via emenda não através do financiamento aprovado hoje. Já linha Suzana através de recursos do município.Outra rua que será via emenda parlamentar será a professor Erich Schutz.

O poder executivo, em sua justificativa no projeto, afirma que o valor do financiamento, da parcela, não compromete o orçamento do município, uma vez que o mesmo tem capacidade de endividamento. Antes do projeto ser colocado em votação, os vereadores da oposição,  se retiraram do plenário. Serginho Beal, Eliana Lanzana, Gilmar Dutra Ribeiro e Sergio Alexandri se posicionaram contra com uma série de argumentos, principalmente com relação aos prazos e juros que serão pagos pelo município. O momento também não seria oportuno para votação do projeto, segundo eles. Em agosto do ano passado o projeto foi rejeitado. Votaram à favor do projeto os vereadores  Enio Wittmann, Aquiles Cesari, Antoninho Momo, Hélio Muller e Antonio Carlos Gomes dos Santos.

Fonte: Portal de Marcelino Ramos 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais