Mulher é esfaqueada na Rua Comércio em Concórdia e fica gravemente ferida

Uma mulher de 29 anos ficou gravemente ferida após ser esfaqueada na Rua do Comércio, próximo do Posto Lamonato, área central de Concórdia. O caso foi registrado por volta das 22h.

Segundo as informações, ela estava acompanhada de mais duas mulheres. O autor chegou no local e desferiu golpes contra a vítima atingindo várias partes do corpo, cabeça, peito e braços.

A suspeita é de que se trate de um caso de tentativa de feminicídio.

A vítima perdeu bastante sangue. Foram dezenas de golpes, segundo as informações confirmadas pelos Bombeiros Voluntários. O SAMU auxiliou na ocorrência.

A vítima foi atendida ainda no local do esfaqueamento com auxílio de um médico que estava próximo ao local. Depois foi encaminhada em estado gravíssimo ao Pronto Socorro do Hospital São Francisco.

O autor do crime teria fugido do local com veículo. A Polícia Militar já tem informações de um suspeito. Ele está sendo procurado, porém não foi ainda localizado.

Detalhes do crime 

Testemunhas que podem ser chaves na investigação sobre a tentativa de homicídio registrada na noite desta terça-feira em Concórdia foram ouvidas e deram detalhes de ocorrido ao jornalismo da Atual FM. O casal, que não será identificado nesta reportagem, passava pelo local no exato momento em que o crime aconteceu.

Segundo a mulher, foi uma das cenas mais chocantes que ela já presenciou em toda a vida, onde o ex-marido atacou a vítima em plena rua. Toda a cena foi presenciada pela filha do casal, que suplicava para que o pai parasse de esfaquear a mãe.

A testemunha relatou que passava pelo local acompanhada do esposo, que se obrigou a parar o carro em função dos fatos e a vítima gritando por socorro. O motorista desembarcou do veículo para tentar intervir e quase foi atingido por um golpe de faca. Assim que o agressor desferiu os golpes, entrou em um veículo e fugiu.

Imediatamente a vítima foi atendida por populares até a chegada do socorro. A criança, filha do agressor com a vítima, também foi atendida. A Polícia Militar esteve no local, mas a investigação dos fatos ficará a cargo da Polícia Civil.

Fonte: Atual FM

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais