Comil se organiza para as férias coletivas com ótimas notícias

A empresa erechinense Comil, fabricante de ônibus, não conseguiu conceder férias aos funcionários no final do ano, devido à grande demanda de pedidos. Mas nesta quinta-feira (6), iniciarão as férias coletivas.

“Estamos entrando em férias com ótimas perspectivas para quando retornarmos. Hoje, temos pedidos para os próximos 90 dias e muitos negócios encaminhados para depois das férias. Eu mesmo no período de férias vou para o Nordeste visitar duas grandes empresas, as mesmas nunca compraram ônibus conosco. A perspectiva é fechar bons negócios”, disse o diretor presidente da Comil, Deoclécio Corradi.

Segundo Deoclécio, o lado bom é que maioria dos pedidos novos são de empresas que nunca adquiriram ônibus da Comil. “Na volta das férias, deveremos aumentar a produção de seis para sete veículos dia. Atualmente contamos com 1.250 colaboradores e contrataremos mais 90”, relatou.

Desde o dia da aprovação da recuperação judicial, pouco mais de seis meses, a Comil cresceu mais de 20%.

Por Egidio Lazzarotto