Oração e jejum pela paz mundial serão realizados dia 23 de fevereiro

Na oração do Angelus, ao meio-dia deste domingo, da sacada do Palácio Apostólico, no Vaticano, o Papa Francisco anunciou um dia de jejum e de oração pela paz no mundo no dia 23 deste mês, sexta-feira da primeira semana da quaresma. O que levou o Papa a estabelecer este dia de oração e jejum foi a trágica continuação de inúmeros conflitos em diversas partes do mundo. Ao fazê-lo, disse ter em vista de modo particular as populações da República Democrática do Congo e do Sudão do Sul. Como em outras ocasiões semelhantes, ele convidou também os irmãos e irmãs não católicos e não cristãos a se unirem a esta iniciativa nas modalidades que considerarem oportunas, mas todos juntos. Francisco também observou que não se trata apenas de rezar pela paz, mas também de cada pessoa dizer concretamente “não” à violência naquilo que depender de si, pois as vitórias obtidas com a violência são falsas vitórias, enquanto trabalhar pela paz faz bem a todos.

Comentários estão fechados.