Administração terceiriza o Natal

1.836

A administração municipal carregava a expectativa de neste ano realizar um Natal inesquecível para a população erechinense, já que estamos entrando no ano do centenário do nosso município, mas faltando pouco mais de quarenta dias para abertura da programação natalina, pouco ou nada se viu até o presente momento, que indique a realização de um grande evento, conforme prometido anteriormente.

O governo parece ter se dado conta de que não havia mais prazo para cumprir a promessa e resolveu terceirizar para a CDL a realização do Natal de 2017, antes que viesse a cometer mais uma gafe. A informação foi confirmada em entrevista exclusiva à Rádio Cultura pelo secretário da Fazenda, Roberto Fabiane.

Mas quando questionado qual seria o valor investido pelo município, o mesmo deu uma enrolada e não quis dizer quanto será repassado para a CDL realizar a programação de Natal.

Segundo as primeiras informações que consegui apurar, o valor pode ficar próximo a um milhão e duzentos mil reais. Diante da falta de dados mais concretos, conversei com ex-presidente da CDL, Evandro Fhynbeen, que está coordenando todo o projeto. “Já estamos bem adiantados nas conversações com a empresa que está realizando o Natal de Canela, e seu diretor, o senhor Rodrigo, deve estar em Erechim até o final de semana para fazer o contrato. O valor inicial é de R$ 1,2 milhão, mas nós achamos muito pouco e o município deve elevar um pouco estes valores”, afirma Evandro. Quando questionado sobre o risco que a CDL poderia correr em assumir um projeto tão grande como este, na última hora, ele foi taxativo: “Nós temos a consciência de que para fazermos um Natal da magnitude que queremos realizar, teríamos que iniciar os trabalhos ainda em janeiro. Temos que assumir este desafio e o perigo de cometer alguns erros, mas é melhor do que não termos o Natal”, destaca Evandro.Ou seja, o governo municipal vendo que não teria mais tempo, espertamente resolveu passar a responsabilidade para a CDL, e se der algo de errado a responsabilidade fica à cargo da instituição e não do município. Em minha opinião, apesar de tarde eu vejo com bons olhos a terceirização das festividades do Natal, e que bom que a CDL tem consciência que se der algo errado por falta de tempo, a responsabilidade é sua, e não da administração municipal, mas tenho certeza que a empresa que vai realizar o Natal tem experiência suficiente para que tudo dê certo. “O Natal deste ano em Erechim não será marcado pelas tradicionais luzinhas, e sim pela decoração e pela emoção que vai tocar as nossas famílias. Nós queremos um natal não apenas para a noite, mas também durante o dia e que as famílias se sintam tocadas pela emoção”, destaca a presidente da CDL, Lindanir Canelo.

Segundo as informações de Evandro, a decoração deste ano compreenderá as três primeiras quadras da Avenida Maurício Cardoso e a primeira da sete de setembro. A abertura deve acontecer no dia 02 de dezembro, com show da Família Lima. A programação completa deve ser anunciada em breve.

Por Egidio Lazzarotto

 

Você pode gostar também

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.