Novena de Fátima contempla Maria como modelo da Igreja em sua missão

Pe. Dirceu Balestrin, Pároco da Paróquia São Tiago de Aratiba e Diretor da Rádio Aratiba, acompanhado pelo Pe. Alvise Follador, da Catedral e que foi Pároco em Aratiba, e pelo Diácono Almeri Bornelli, da Paróquia São Pedro, presidiu o terço e a missa das 14h, no sexto dia da novena de Fátima, nesta quarta-feira, com equipe de animação litúrgica e expressivo número de paroquianos. Como ele próprio registrou, o município completa neste dia 62 anos de emancipação. Por sua vez, a Paróquia de Aratiba completou 66 anos em agosto e a novena em andamento é em preparação da 66ª Romaria de Fátima. Fez referência também ao dia de São Francisco, chamando atenção para o espaço do Santuário todo revitalizado, oferecendo a todos um ambiente de espiritualidade, de paz e de contato com a natureza, como o Santo do dia sugere por seu amor às criaturas.

Este sexto dia da novena convida os romeiros a olhar para Maria como inspiração para a Igreja viver sua missão com rosto materno. A propósito, a leitura do dia apresenta a rainha Ester intercedendo junto ao rei pela vida do povo e não em benefício pessoal; o Evangelho relata o milagre de Jesus nas bodas de Caná transformando a água em vinho para a festa não acabar sem alegria.

À luz desses textos bíblicos, Pe. Balestrin ressaltou que a Igreja tem em Maria seu modelo para ser discípula fiel, sensível às necessidades das pessoas. Em Caná, Jesus realizou seu primeiro milagre, mesmo antes de sua hora, porque a Mãe intercedeu junto a ele em favor dos noivos, como fizera a rainha Ester pelo seu povo. Observou que o milagre aconteceu com a participação dos serventes que prepararam a água. Lembrou que o vinho era símbolo da imortalidade, da força de Deus que revigora o ser humano. A água sempre foi símbolo de vida. Transformando-a em vinho, Cristo sinaliza que Ele diviniza a humanidade, dá nova dimensão à nossa vida. Ele continua a reservar o vinho melhor para nossa salvação. Pe. Balestrin recordou também que romaria é tempo de conversão e crescimento na fé. Através das orações, da confissão, da Eucaristia, ela oferece aos fiéis oportunidade especial de fortalecimento da vida cristã. Desejou que a romaria do centenário das aparições de Fátima ajude a todos a viver o que Nossa Senhora, a rainha da paz, pediu através dos pastorinhos.

Presença especial de grupos de terceira idade, particularmente do Lar dos Velhinhos

A celebração teve a presença de 11 grupos de idosos: Conviver de Viadutos, Reviver de Ponte Preta, Recanto da Ternura de São Valentim, Melhor idade e Apostolado da Oração da Barra do Rio Azul, Conviver amizade de Cruzaltense, Bem Viver de Erval Grande, Sede Dourado de Aratiba e São Vicente de Paulo, Renovação do Bairro Santa Augusta, Viva Vida do Bairro Atlântico e Lar dos Idosos de Erechim. O grupo do Lar dos Idosos, conduzido carinhosamente por suas cuidadoras e cuidadores, acompanhados pelo Pe. Giovani Momo seu capelão, além de participar no Santuário, rezou em frente à imagem do monumento e visitou a tenda dos objetos religiosos.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais