Erechim e AMAU elaboram recurso fundamentado para reverter bandeira vermelha

Erechim e a Associação dos Municípios do Alto Uruguai (AMAU), sob a liderança do Prefeito Mário Ceron, protocolaram recurso de reconsideração ao coordenador da crise do RS. Alguns municípios também o fizeram.

Erechim elaborou seu recurso muito bem fundamentado, para demonstrar que os índices e velocidade de contágio estão contabilizados de forma equivocada. O número de internações também é menor que nos 07 e 14 dias anteriores, mas dos cinco indicadores da macrorregiao à que pertencemos, quatro pioraram.

O município nunca chegou a utilizar 30% dos leitos destinados à internação clínica COVID e em nenhum momento, a utilizar 40% dos leitos de UTI COVID. A utilização de respiradores nunca passou de 20% da capacidade instalada.

O índice de recuperação de doentes é superior a 86%. O município irá aguardar por segunda-feira, com a certeza de que demonstrou que os profissionais da saúde estão realizando com eficiência e responsabilidade o combate à pandemia.

“Duas questões ainda nos assombram, primeiro o descaso total de grande parte da população em seguir as normas sanitárias e o isolamento social e o segundo, é que por mais que façamos não conseguimos deixar de pertencer à macrorregiao de Passo Fundo. Esta não parece ser, é a dura realidade”, destacou o prefeito, Luiz Francisco Schimdt.

Informações: Prefeitura Municipal de Erechim 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais