Frente Parlamentar Pró-Cultura aprova estatuto e define primeiras agendas

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Criada em março com o objetivo de auxiliar e promover discussões sobre uma das áreas mais atuantes no município – e mais impactadas pela pandemia de covid-19 –, a Frente Parlamentar Pró-Cultura se reuniu, na última segunda-feira (3), para aprovar seu estatuto e definir as primeiras agendas. Estiveram presentes o presidente da frente, vereador André Jucoski (PDT); o vice-presidente, vereador Wallace Soares (PSDB); a secretária, vereadora Sandra Picoli (PCdoB), além dos vereadores Fifo Parenti (MDB) e Carlinhos Magrão (PSDB). Também compõe a frente o vereador Ale Dal Zotto (PSB).

Entre os objetivos elencados no estatuto da Frente Parlamentar Pró-Cultura, estão reunir e articular iniciativas a fim de fortalecer o setor cultural em Erechim; promover a mais diversas formas de manifestação cultural da cidade, além de dar voz aos artistas locais e estruturar propostas a serem encaminhadas ao Poder Executivo; dar suporte ao desenvolvimento de outros setores que dialogam diretamente com a cultura, como turismo e eventos.

Planejamento da Secretaria de Cultura

Uma das primeiras iniciativas da frente terá como finalidade compreender o que a Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Turismo tem planejado não apenas para 2021, mas para os próximos anos, que devem ser um período marcado pela retomada de eventos culturais. De acordo com Jucoski, está prevista uma atividade com a participação do titular da pasta, Neidmar Alves, para que sejam apresentadas ideias e propostas a fim de alavancar o setor cultural erechinense.

Assessoria de Comunicação
Câmara Municipal de Vereadores de Erechim

Get real time updates directly on you device, subscribe now.