Alterações Posturais e Métodos de Correção Postural

O que é postura? A postura pode ser definida como uma posição ou atitude do corpo, ou até mesmo uma maneira característica de alguém sustentar seu corpo. A boa postura é aquela em que as articulações que suportam peso estão em alinhamento e o mínimo de ação muscular é necessário para manter a postura ereta.

As alterações posturais relacionadas às posturas inadequadas são distúrbios anátomo-fisiológicos que se manifestam geralmente na fase de adolescência e pré-adolescência, sendo o período em que há o estirão de crescimento. Na fase de desenvolvimento e crescimento, crianças, jovens e adultos estão sujeitos a transformações corporais. A má postura pode trazer como consequências diferentes desvios posturais e estes podem trazer maiores riscos à saúde na fase de envelhecimento.

Os desvios posturais mais comuns são: hiperlordose (caracterizada pela acentuação da curvatura, que comumente ocorre na região lombar), hipercifose torácica (caracterizada pelo aumento da curvatura da coluna torácica) e a escoliose (é um desvio postural da coluna vertebral, caracterizada por uma curvatura anormal no plano frontal). Alguns estudos apontam que estes desvios posturais apresentam maior incidência em crianças escolares e que estes desvios posturais ocorrem devido ao mal comportamento da postura corporal em sala de aula.

Estes problemas físicos que aparecem nessa fase da vida são comuns e não devem ser negligenciados, já que estes indivíduos se encontram em fase de desenvolvimento em que tanto a estatura quanto o peso estão em constantes mudanças, o que pode comprometer o sistema músculo-esquelético no futuro.

A postura adequada na infância ou a correção precoce de desvios posturais nessa fase possibilitam padrões posturais corretor na vida adulta, pois esse período é de maior importância para o desenvolvimento músculo-esquelético do indivíduo com maior probabilidade de prevenção e tratamento dessas alterações posturais na coluna vertebral.

O tratamento dessas alterações posturais envolve a realização de alguns procedimentos e/ou técnicas fisioterapêuticas. Existem alguns métodos de correção postural para o tratamento destas alterações, entre eles a Reeducação Postural Global (RPG), que consiste no alongamento do músculo ou grupo muscular em determinada posição, sustentando até um ponto tolerável. Outro método que se destaca para o tratamento dos desvios posturais é método Isostretching, sendo este uma ginástica postural que trabalha a contração e o alongamento do músculo em determinadas posturas, procurando melhorara a condição física como um todo. A técnica do Pilates tem sido considerada um sistema de exercícios que visa a melhora da flexibilidade, força, resistência física, equilíbrio e coordenação motora. Além dos métodos de correção postural, bem como da técnica do Pilates, a cinesioterapia também é uma forma de tratar estas alterações posturais. A cinesioterapia baseia-se no tratamento através dos movimentos, buscando melhorara a flexibilidade, força muscular, consciência postural, entre outras.

A atuação do fisioterapeuta no tratamento destas alterações posturais é de extrema importância, independente do método a ser escolhido. Antes da escolha do método a ser realizado, a avaliação fisioterapêutica bem como a avaliação postural são benéficas e de grande relevância, pois proporcionam oportunidade de diagnosticar as alterações posturais e também o provimento de orientações aos pacientes em relação a postura.

Por Fabrízzio M. Pelle Perez

Fisioterapeuta – URI Erechim

Comentários estão fechados.