Atlântico finaliza a Supercopa do Brasil de Futsal em segundo lugar

As equipes do Atlânticos, de Erechim/RS, e do Magnus, de Sorocaba/SP, fizeram a grande final da Supercopa do Brasil de Futsal. O confronto realizado na Arena Sorocaba, na manhã deste domingo, dia 04 de março, terminou com vitória dos donos da casa. Com o título o Magnus garantiu a vaga brasileira na Libertadores da América.
O primeiro tempo de partida colocou frente a frente duas das melhores equipes do salonismo nacional. Os primeiros 20 minutos de jogo mostraram muita igualdade nas ações, com as defesas se sobressaindo aos ataques. Apesar de surgirem algumas chances, para os dois lados, o placar foi para o intervalo zerado.
O segundo tempo foi carregado de emoção, com os ataques buscando finalizar bastante, mas que terminaram em grandes defesas dos goleiros Tiago e, especialmente, de Ângelo o grande destaque da partida. Aos 6min da segunda etapa o lance polêmico da partida. Num contra-ataque muito bem encaixado pelo Galo, Wilsinho dribla Rocha que cai e toca com a mão na bola; na sequência Wilsinho encobre Tiago balançando as redes da equipe da casa. Mas o árbitro não dá vantagem no lance alegando já ter apitado antes da conclusão de Wilsinho e anula o gol. Na falta, por ter tocado com a mão na bola, Rocha recebe o amarelo (o seu segundo) e é excluído. Nos dois minutos seguintes o verde-rubro atuou com um homem a mais em quadra, mas a equipe de Sorocaba resistiu à pressão. Depois foi só emoção até zerar o cronômetro. Final de partida no tempo normal, zero a zero, e prorrogação.
PRORROGAÇÃO:
A decisão do título foi para a prorrogação, em dois tempos de cinco minutos. Um confronto ainda mais aberto porque só a vitória interessava para as duas equipes. Aos 2min30, em contra-ataque do time da casa, Arthur faz grande jogada, dribla e bate em direção ao gol; no caminho Rodrigo desvia e a bola sobra para Leandro Lino abrir o placar. Magnus 1 a zero. Resultado do primeiro tempo.
No segundo tempo da prorrogação o Galo foi para o tudo ou nada, entrando com goleiro linha. Apesar da tentativa, numa roubada de bola Arthur bate para o gol vazio e amplia: 2 a zero Magnus. O verde-rubro seguiu com Silva como goleiro linha. Numa grande defesa de Tiago a bola sobrou para Arthur que da sua quadra bateu para fazer mais um para os donos da casa: 3 a zero. Final de jogo em Sorocaba/SP: Magnus 3, Atlântico 0. Campeão: Magnus. Vice-campeão: Atlântico.
Na decisão do terceiro lugar, em partida realizada na preliminar, o JEC Krona Joinville/SC bateu o Horizonte/CE por 3 a 1 e ficou com o terceiro lugar da competição.
Agora o Galo volta suas atenções para a estreia na Liga Nacional de Futsal que acontece no próximo dia 17/03, contra o Joaçaba Futsal, no Caldeirão do Galo.

Comentários estão fechados.