Cerca de 50% do ISS de Erechim é sonegado

O secretário municipal de Fazenda de Erechim, Waldir Luiz Tomazoni , em entrevista a Rádio Cultura, nesta semana, denunciou que,  “cerca de 50% do imposto que deveria ser arrecado em 2019 através do ISS foi sonegado. O nosso foco é averiguar o cancelamento de Nota Fiscal de Serviço e cartões de créditos, já estamos cruzando esses dados, através de um convênio com o Estado e chamando esses contribuintes para orientação e fiscalização, antes da aplicação das penalidades. Precisamos acabar com essa cultura de sonegar impostos e o contribuinte não exigir sua nota fiscal. A estimativa é que  a omissão de receitas seja da ordem de R$ 15 milhões, que poderiam ser investidos na saúde, educação ou em asfalto”, acrescenta o Secretário Municipal de Fazenda Tomazoni.

Por Egidio Lazzarotto

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais