Romeiros de Fátima rezam pela paz

Falando aos devotos de Maria, Pe. Bolzan iniciou lembrando o pedido dela em Fátima de oração pela paz no mundo em guerra. Insistiu na recitação do terço, oração eficaz para pedi-la, pois faz contemplar Cristo, príncipe da paz, que garantiu dar aos seus seguidores a paz que o mundo não pode dar. Pela realidade em que vivemos, o pedido de Nossa Senhora ainda não foi atendido satisfatoriamente. Para o Pe. Bolzan, rezar pela paz leva também trabalhar por ela. Destacou a importância da oração, questionando os fiéis sobre o tempo diário que reservam para ela e se os pais e avós estão ensinando os filhos e netos a rezar. Mencionando o evangelho da missa, na qual Cristo, na proximidade de sua morte, fala aos seus seguidores que lhes enviaria o Espírito Santo e lhes garante a paz verdadeira. Pela força do Espírito Santo, podemos viver o mandamento novo do amor e estabelecer relações fraternas, numa cultura da paz, muito carente em nosso País, marcado pela corrupção, violência e injustiça. Na conclusão da homilia, lembrando a festa dos Anjos da Guarda, convidou os fiéis a rezarem a oração popular dirigida ao protetor de cada um, bem como a cartar: paz na terra, paz nos céus, paz no mundo aqui, em Erechim.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais