Atleta erechinense participará do Campeonato Panamericano de Karatê JKA no Peru

A atleta de Karatê, Cristiane Babinski, participará nos dias 8 e 9 de Setembro do Campeonato Panamericano de Karatê JKA em Lima no Peru. A atleta representará a Seleção Brasileira de Karatê e competirá contra atletas oriundas de mais de 20 países, disputará as modalidades de Kata Individual, Kumitê Individual, Kata Equipe e Kumitê Equipe. A atleta está no topo do Ranking Nacional de Karatê JKA, acumula dos títulos de Penta Campeã Brasileira, Tri Campeã Sul Americana e está entre as 4 melhores do mundo. Além de representar a equipe Onna Bugeisha a atleta representa a cidade de Erechim, o estado do Rio Grande do Sul e o Brasil, ela relata “Para mim é uma grande honra representar o meu país em mais um Campeonato Panamericano de Karatê, desejo que este seja um momento muito especial e que eu possa mostrar tudo que venho treinando, meu objetivo é conquistar um título e representar muito bem o meu país. Agradeço desde já a todas as pessoas que vem me auxiliando na minha preparação e me transmitindo muita energia positiva para este momento tão significativo na minha vida”.
Para Cristiane a medalha não é tudo, ela relata que além da vida de atleta ela se dedica ao ensino do Karatê “O Karatê não se baseia apenas em medalhas e campeonatos, é uma arte marcial onde o objetivo principal é a formação do caráter dos seus praticantes e tem como meta mudar a vida das pessoas com os preceitos que o Karatê ensina”. Cristiane é profissional de Educação Física, Especialista em Medicina e Ciências do Exercício e do Esporte, é formada como Instrutora de Karatê pela Federação Sul Riograndense de Karatê Tradicional (FSRKT) e Associação Japonesa de Karatê (JKA), Faixa Preta 2° Dan, Técnica da Seleção Gaúcha Infantil e representante oficial da  JKA RS e FSRKT da região. Cristiane ministra aulas de Karatê em 9 cidades entre elas Erechim, Guarama, Viadutos, Mariano Moro, Três Arroios, Barão de Cotegipe, Centenário, Jacutinga e Campinas do Sul, em Campinas do Sul a atleta desenvolve um projeto social com o apoio da Prefeitura Municipal, do CRAS e  do Sicredi, o projeto atende aproximadamente 90 crianças da cidade, as aulas são gratuitas e as crianças recebem Kimonos gratuitamente.
De acordo com Cristiane “Quando iniciei no Karatê não imaginava a magnitude da prática do Karatê, hoje sou muito feliz em poder transmitir aos meus alunos todos os benefícios do Karatê e ainda poder representar meu país em um Campeonato Panamericano. Agradeço imensamente a todas as pessoas que acreditam no poder do Karatê, no poder que ele tem de transformação na vida das pessoas”.

Comentários estão fechados.