Representantes paroquiais do Apostolado da Oração refletem princípios da espiritualidade

Reunidos no Centro Diocesano, na manhã desta segunda-feira, sob a coordenação de seu Diretor, Pe. Paulo Bernardi, Pároco da Paróquia São Pedro que acaba de celebrar seus 60 anos de criação, representantes paroquiais do Apostolado da Oração refletiram sobre alguns princípios da espiritualidade desta Associação de Leigos e Leigas. Pe. Paulo recordou, em primeiro lugar, a participação na celebração eucarística, com vida coerente com ela. A comunhão eucarística é fonte vital para a vida de todo cristão, da qual se deve participar com plena consciência e devida preparação. Em segundo lugar, lembrou a devoção ao Coração de Jesus, com a reparação dos pecados contra sua infinita misericórdia. Em terceiro lugar, a devoção ao Sagrado Coração de Maria, a Mãe de Jesus.

Dom José, em sua visita ao grupo, lembrou o Ano Nacional do Laicato e a Assembleia Geral do Sínodo dos Bispos, em outubro próximo, cujo tema é “a juventude, a fé e o discernimento Vocacional”. Ressaltou também a importância do específico do Apostolado da Oração que é justamente a oração, que não pode estar desvinculada da ação concreta, do amor à Igreja e ao Evangelho.

Pe. Maicon Malacarne, coordenador diocesano de pastoral, em sua mensagem ao grupo, também se referiu ao Ano Nacional do Laicato, acentuando duas atividades dele: a Semana Missionária, em sintonia com a Semana Nacional da Família, de 12 a 18 de agosto e o encontro diocesano de encerramento no dia 25 de novembro, solenidade de Cristo Rei, no Salão da URI.

Comentários estão fechados.