Tarde de Campo reúne produtoras de Erebango e Ipiranga do Sul

A Emater/RS-Ascar, por meio dos escritórios municipais de Erebango e Ipiranga do Sul, promoveu um Tarde de Campo, na comunidade Santo Antônio, em Erebango, na terça-feira (02/04), com a participação de cerca de 60 produtoras dos dois municípios, beneficiárias do programa Socioassistencial. No programa são realizadas ações voltadas à inclusão social e produtiva. A atividade teve como objetivo trabalhar a importância da diversidade alimentar e a conservação de alimentos nas propriedades para autoconsumo.

A programação foi aberta pelo gerente Regional da Emater/RS-Ascar de Erechim, Gilberto Tonello, que agradeceu a presença e o interesse das produtoras, o envolvimento das equipes de extensionistas dos escritórios municipais de Erebango, Ipiranga do Sul e Charrua, bem como às parcerias e à diretoria da comunidade Santo Antônio.

As orientações foram repassadas em três estações. Em uma delas, o técnico em Agropecuária, Vilmar Tonello, do Escritório Municipal de Charrua, orientou sobre Desidratação caseira de frutas. Entre as alternativas que podem ser feitas com frutas desidratadas, destacou as passas, por exemplo, de banana e uva, além de frutas cristalizadas. “São deliciosas e econômicas”, garantiu. Também explicou o uso de tomates secos em molhos e outros preparos, bem como o processo de secagem e armazenagem das frutas, utilizadas também em chás. A maioria das frutas utilizadas nas demonstrações e explicações foi preparada pela equipe e degustadas no final do evento.

Em outra estação, a extensionista Roseli Bonesso, também do Escritório Municipal de Charrua, orientou sobre sucos integrais. Roseli demonstrou as formas de preparo, de envasamento e de armazenagem. “É uma forma prática e saudável”, destacou. Na demonstração, ela preparou suco de maçã e de hibisco, explicando a forma de extração do suco. Mas observou que podem ser preparados sucos de uva, de butiá, abacaxi (ananá), de laranja, entre outras frutas. Roseli esteve acompanhada da extensionista Renata Bombana.

Na terceira estação, o tema abordado foi Plantas Alimentícias Não Convencionais (Pancs), pela farmacêutica Karen Marchetto, juntamente com a extensionista Doriane Damin. Estas plantas estão presentes no nosso meio, possuem propriedades medicinais e são utilizadas na alimentação humana. Karen orientou sobre as formas de preparo, consumo e valor nutritivo das Pancs, destacando a capuchinha, caruru, dente de leão, ora-pro-nobis, serralha, tansagem, pulmonária, cará, batata yacon, crem e phisális, entre outras.

O evento contou ainda com o envolvimento das extensionistas Graziela Vanzo, do técnico em agropecuária João Meneses, e do engenheiro agrônomo Bruno Utermoehl. Também acompanhou a programação a assistente técnica regional Social da Emater/RS-Ascar, Nádia da Rosa, e a representante do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) de Erebango, Rosita Perret.

Comentários estão fechados.