Numa sessão tensa câmara aprova o livre comércio

A câmara de vereadores de Erechim lotou de trabalhadores e empresários do comércio nesta segunda feira (2), quando foi votado o projeto o livre comércio nos finais de semana e feriados. Por 11 votos favoráveis e cinco contrários, foi aprovado o projeto de autoria dos vereadores Mario Rossi (MDB) e Claudemir Araújo (PTB), que institui abertura do comércio aos domingos e feriados.

Votaram contra o projeto os vereadores Alessandro Dal Zotto (PSB), Sandra Picoli (PCdoB), Lucas Farina (PT), Sergio Alves Bento (PT) e Aderi Oldra (PT), os demais vereadores foram favoráveis ao projeto. Como presidente do legislativo, Rafael Ayub (MDB), só vota em caso de empate, mas fez questão de afirmar que é favorável a iniciativa.

Além do grande número de trabalhadores do comércio, várias lideranças sindicais da cidade estiveram presentes, além da direção do CDL, ACIEE, entre outros. Os vereadores favoráveis e contrários se revezavam na tribuna defendendo as suas propostas e muitas vezes, fazendo duras acusações políticas entre os pares.

Antes do início da sessão vários trabalhadores se reuniram na frente da câmara com apitos e gritos de ordem. Já no interior da casa legislativa, funcionários portavam cartazes. Por vezes, o presidente do legislativo Rafael Ayub, precisou ter uma postura dura com os manifestantes contrários e favoráveis ao projeto. Pediu que se mantivesse em silêncio, caso contrário seriam retirados do plenário.

Comentários estão fechados.