Prefeitos conclamam por representatividade política

Durante debate sobre o futuro da Fundação Hospitalar Santa Terezinha, realizado na Rádio Cultura, prefeitos de municípios do Alto Uruguai, por várias vezes, reclamaram sobre a falta de representatividade política da nossa região em Brasília, seja para buscar recursos para o hospital, quanto em outros assuntos.

Durante a eleição para escolher a nova diretoria da Amau, na terça-feira (30), também foi perceptível que muitos prefeitos estão sentindo na pele a falta de representatividade no Congresso Nacional para defender os projetos do Alto Uruguai. Principalmente neste momento em que o hospital Santa Terezinha não tem recebido recursos de emendas parlamentares, enquanto que outros hospitais nas cidades que contam com deputado federal, foram liberados muitos recursos para custeio das casas de saúde.

Enquanto nossa região tem discutido interesses individuais e recebendo algumas migalhas via emendas parlamentares, outras regiões, que tem deputado federal, estão resolvendo seus problemas nas áreas de Saúde e Infraestrutura. Inclusive durante a reunião da Amau foi sugerido que todos os candidatos a deputados pela região sejam ouvidos durante a campanha, para que falem sobre suas propostas e assumam responsabilidade com a região. Mas fica uma dúvida. Será que todos os prefeitos irão votar no candidato da região?

 

Por Egidio Lazzarotto

Comentários estão fechados.