Amauc tem mais de 97% dos pacientes recuperados da covid-19

Todos os pacientes de sete cidades, até quarta, haviam vencido a doença.

Pelo menos sete cidades que pertencem à região da Associação dos Municípios do Alto Uruguai Catarinense (Amauc) apresentavam seus pacientes totalmente recuperados, excetuando casos de óbitos já registrados. É isso que aponta um levantamento realizado pela reportagem da emissora com base no boletim epidemiológico divulgado na noite da última quarta-feira, dia 30 de setembro.

Conforme essa análise, dos sete municípios, cinco já haviam registrado mortes. Sem contabilizar estes óbitos, todos os pacientes que apresentavam a doença e passaram por tratamento estavam recuperados até aquela data. Eram eles Arabutã (85 casos, 83 recuperados, dois óbitos), Ipira (94 casos, 93 recuperados e um óbito), Itá (109 casos, 108 recuperados e um óbito), Lindóia do Sul (272 casos, 270 recuperados e dois óbitos) e Peritiba (72 casos, 71 recuperados e um óbito).

Além deste, outros dois municípios que não tiveram mortes aparecem com todos os pacientes recuperados na quarta-feira. Eram eles: Alto Bela Vista, em que os 28 casos confirmados na pandemia já haviam vencido a doença, e Presidente Castello Branco, que teve 61 casos até quarta e todos já estavam recuperados. Já Xavantina, por exemplo, tinha apenas um caso em tratamento.

No total, na Amauc, até quarta, eram 5.177 casos de pessoas contaminadas, sendo que destes, 5.053 já haviam superado a doença, e outros 89 estavam ativos, ainda em tratamento. A taxa de recuperados é de 97,5% no Alto Uruguai, uma das maiores em cerca de seis meses. A região tem ainda 35 óbitos. No Brasil, essa taxa de recuperados era de 87%, enquanto que em Santa Catarina era de 96%.

Fonte: 96fm

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais