Cautela ao dar prazo para início ou término de obra

Um dos maiores problemas de alguns gestores públicos é dar prazo para início ou término de alguma obra e não se trata de uma exclusividade de alguns membros do atual governo, mas sim, da maioria dos governantes. A vontade de fazer muitas vezes não acompanha a burocracia e os procedimentos lentos do setor público. Se na iniciativa privada as coisas andam conforme a vontade do empresário, no setor público não funciona assim. No atual governo municipal, a orientação é para que não sejam mais anunciadas datas para início ou conclusão de obras.

 

Por Fabio Lazzarotto

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais