Semana de Meio Ambiente é suspensa devido a pandemia da Covid-19

A Prefeitura de Erechim, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, comunica que a Semana Municipal de Meio Ambiente programada para início do mês de junho foi cancelada por conta da pandemia da Covid-19.

Para tanto, o secretário da Pasta Cláudio da Silveira agradece à compreensão de todos, em especial a Comissão Organizadora, secretarias municipais e as entidades parceiras que tradicionalmente colaboram com a realização de um evento tão importante para a conscientização ambiental da população.

A Organização das Nações Unidas (ONU), no ano de 1972, estabeleceu o dia 5 de junho como Dia Mundial do Meio Ambiente, data que tem como objetivo sensibilizar a população quanto a importância da preservação ambiental. “Biodiversidade” foi a palavra-chave do tema definido pela ONU para o ano de 2020.

“A importância deste assunto engloba o contexto atual de pandemia, o qual nos faz refletir sobre os problemas ambientais causados pela humanidade e repensar como é a nossa responsabilidade ambiental dentro da sociedade”, destaca o secretário.

Para Claudio da Silveira, enfrentar a nova pandemia de coronavírus (COVID-19) e nos proteger das futuras ameaças globais requer a nossa atitude. É impossível prever de onde ou quando virá o próximo surto. Temos cada vez mais evidências sugerindo que esses surtos ou epidemias podem se tornar mais frequentes à medida que o clima continua a mudar (World Environment Day, 2020). “Por isso preservar o meio ambiente é uma responsabilidade de todos e começa com pequenas ações diárias que partem de nossas residências e vão para a sociedade como um todo”, pontua.

O uso sustentável dos recursos naturais, a conservação da biodiversidade, a gestão dos resíduos sólidos, a preservação da fauna e flora local e a proteção de rios e nascentes são algumas das ações que visam a preservação dos recursos naturais. Entretanto, os fatores determinantes do surgimento de doenças (zoonoses) são as transformações que ocorrem no meio ambiente. Exemplo disso são as consequências das atividades humanas que alteram o uso do solo, mudam o clima, modificam a estrutura populacional dos animais e promovem a perda da biodiversidade, resultando em condições ambientais que favorecem determinados hospedeiros, vetores e/ou patógenos.

Um exemplo disso, garante o secretário, é que o cuidado do meio ambiente é uma forma de conter a reprodução do mosquito Aedes aegypti, responsável pela transmissão da dengue que infecta de 50 a 100 milhões de pessoas por ano, segundo a Organização Mundial da Saúde.

“Outra atitude importante é a separação do lixo de maneira adequada, pois diminui a quantidade enviada aos aterros sanitários, gerando o reaproveitamento de muitos materiais. Assim, a reciclagem além de preservar os recursos naturais gera renda para os recicladores de resíduos (lixo seco). É importante lembrar que é responsabilidade de todos o cuidado diário com o meio ambiente, observando os próprios hábitos e colaborando para um futuro resiliente e sustentável”, conclui.

 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais