Vereadores sugerem a criação de lei que otimiza o atendimento a autistas

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Embora o Dia Mundial do Autismo seja celebrado nesta terça-feira (2), todo o mês é contemplado com atividades visando à conscientização acerca deste importante tema. Como forma de ampliar ainda mais o debate sobre o assunto, bem como possibilitar uma maior qualidade de vida aos autistas de Erechim, o vereador Ale Dal Zotto (PSB) apresentou, na sessão ordinária da última segunda-feira (1), um pedido de providências em que sugere ao Poder Executivo a criação de uma lei que institui a Política Municipal de Atendimento Integrado à Pessoa com Transtorno do Espectro Autista. A solicitação foi subscrita pelas vereadoras Eni Scandolara (Progressistas) e Sandra Picoli (PCdoB) e pelo vereador Rafael Ayub (MDB).

Com uma estimativa de cerca de 1700 autistas no município, há, segundo os parlamentares, a necessidade de que alguma política pública seja implantada a fim de atender de forma ampla, digna e eficaz essa significativa parcela de nossa população. “Sugerimos a ação integrada da estrutura administrativa municipal na prestação de serviços das secretarias de Saúde, Educação e Assistência Social para a plena efetivação dos direitos fundamentais decorrentes da Constituição Federal”, detalham os vereadores, salientando ainda a importância de que sejam cumpridas as diversas leis existentes em benefício da população autista.

Após a leitura no plenário da Câmara Municipal, o pedido foi encaminhado ao setor competente da Prefeitura Municipal.

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você esteja bem com isso, mas você pode optar por não participar, se desejar. ACEITO Leia mais