Rally de Estação abre a temporada 2019 do Brasileiro de Rally de Velocidade

Serão dois dias de disputas e 163 quilômetros pisando fundo no acelerador... A cidade de Estação (RS) se prepara para receber grandes feras do rali de velocidade

O mês de abril já começou e, junto com ele, além do Outono, vem também o 19º Rally de Estação – prova de abertura dos campeonatos Brasileiro de Rally de Velocidade e Gaúcho de Rally de Velocidade. Organizado pelo ACE Automóvel Clube de Estação, o evento será realizado nos dias 12 a 14 de abril, na cidade de Estação (RS) e, até o momento, conta com mais de 20 carros inscritos entre as categorias RC2, RC4, RC3 e RC5.

O parque fechado do Rally de Estação e a largada para a especial será na Estação Ferroviária. A programação começa na quinta-feira (11), com a abertura da secretaria de prova e uma palestra motivacional com o navegador Lourival Roldan – campeão do Rally Dakar 2017. Na sexta-feira (12), a partir das 8h30, pilotos e navegadores farão o reconhecimento das especiais e, às 16h, será a largada do primeiro carro para shakedown (último treino antes do certame).

O cronometro para as disputas abrirá no sábado (13), às 8h43. Serão percorridos 106,25 quilômetros de trecho cronometrado pelas SS Sicredi – Estação, SS Ipiranga do Sul – Futura, SS Ipiranga do Sul – Nossa Senhora Salete. O Rally de Estação prosseguirá no domingo (14), com sinal verde às 7h50 e mais 57,62 quilômetros de trecho cronometrado (SS Erebango e SS São Pauleto). Para subir ao pódio, pilotos e navegadores deverão fazer o menor tempo ao longo de 163,87 quilômetros nos dois dias de rali.

“Não vou esconder que a ansiedade é grande para essa abertura de temporada”, enfatizou o piloto Luiz Poli, que compete ao lado do navegador Damon Alencar. “Essa etapa é conhecida como a Finlândia brasileira, onde ocorre a prova mais rápida do WRC – Campeonato Mundial de Rally. Ou seja, teremos alta velocidade, piso muito bom e a presença de público”, destacou. A dupla lutará pelo pódio na categoria RC5, a bordo de um Peugeot 206.

Todo início de campeonato, sempre gera muitas expectativas, principalmente, em torno da preparação do veículo. “Teremos de nos adaptar com algumas alterações feitas na suspensão do Peugeot, focar em terminar os percursos com um ritmo forte e constante, pensando sempre no resultado do Brasileiro”, declarou Poli.

A dupla Poli e Alencar foi formada em 2017 e, desde então, tem alcançado resultados significativos. “A nossa evolução vem a cada disputa, seja no entrosamento, no levantamento e na pilotagem; e esse foi um dos nossos principais diferenciais”, disse Alencar que competirá pela primeira vez o Rally de Estação. “Será novidade para mim, mas estou preparado para encarar uma prova rápida e garantir os primeiros pontos rumo ao título da temporada”, encerrou.

Comentários estão fechados.