UFFS abre inscrições para Mestrado Interdisciplinar em Ciências Humanas

Processo seletivo oferta até 20 vagas para o curso, que possui três Linhas de Pesquisa

Estão abertas as inscrições para o Mestrado Interdisciplinar em Ciências Humanas da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS). Ofertado no Campus Erechim, o curso é gratuito e possui três Linhas de Pesquisa: “Saberes, Processos e Práticas Sociais”, “Educação, Culturas e Cidadanias Contemporâneas” e “Sujeito e Linguagem”. As inscrições ocorrem até 30 de abril e devem ser feitas presencialmente, na Secretaria da Pós-Graduação, ou pelos Correios, via Sedex.

O processo seletivo oferta até 20 vagas e ocorre em duas etapas: a primeira, composta de prova escrita de conhecimento interdisciplinar em Ciências Humanas, a ser aplicada no dia 14 de maio. A segunda etapa é a arguição sobre o pré-projeto de pesquisa e curriculum vitae, que ocorre no dia 28 de maio.

As matrículas dos candidatos aprovados será entre 23 e 27 de julho. As aulas iniciam em 1º de agosto. Mais informações no Edital Nº 375/GR/UFFS/2018, disponível em www.uffs.edu.br.

O Mestrado Interdisciplinar em Ciências Humanas é um dos três mestrados ofertados na UFFS – Campus Erechim. Há também o Mestrado em Ciência e Tecnologia Ambiental e o Mestrado Profissional em Educação. Para este último, a previsão é de que o edital do processo seletivo seja publicado ainda neste mês.

 

Saiba mais sobre o curso

O Mestrado Interdisciplinar em Ciências Humanas tem como campo de estudos as diversas modalidades de conhecimento que envolvem os saberes, a produção de identidades e de formas de subjetivação e os processos e práticas sociais, nos contextos sociais em que emergem, se desdobram, produzem e transformam. Nesse quadro polissêmico, são enfatizadas as propostas investigativas que privilegiem múltiplos olhares sobre as sociedades, procurando perceber como os sujeitos constroem suas experiências, dotando-as de sentido. A produção do conhecimento, nesse caso, envolve – necessariamente – abordagens interdisciplinares com a participação de profissionais de diferentes campos formativos, o que redunda numa formação acadêmica, em nível de mestrado, complexa e multifacetada, com objetivo de suprir a demanda regional de produção de pesquisa qualificada no âmbito da Universidade, nas Humanidades.

Dessa perspectiva da formação para a pesquisa na região da Fronteira Sul, o perfil do egresso está pautado na formação interdisciplinar, inferindo-a como capaz de oferecer aos egressos as ferramentas para a produção autônoma de pesquisas interdisciplinares, capazes de integrar conceitos e métodos, superando a chave disciplinar de construção do conhecimento. Isso redunda em dois tipos de qualificação: para a pesquisa em áreas do conhecimento que estão presentes no PPGICH, como Educação, Filosofia, Antropologia, Ciências Sociais, História, Linguística, Urbanismo e Literatura; para a pesquisa que, a partir da necessidade de tomar os objetos e metodologias sob o viés interdisciplinar, capacite os pesquisadores a transcender os limites da ordem disciplinar e possibilite a criação de teorias e métodos inovadores, com excelência e legitimidade acadêmica..

Comentários estão fechados.