Proposta de tornar feriado o aniversário de Erechim será votada na próxima segunda-feira (5)

Será votada na próxima sessão ordinária da Câmara, na segunda-feira (5), a proposta de emenda à Lei Orgânica Municipal que tem por objetivo instituir feriado em Erechim no dia 30 de abril, data de aniversário da Capital da Amizade. O projeto, de autoria dos vereadores Claudemir de Araújo (PTB) e Mario Rossi (MDB), precisa ser aprovado em duas votações por pelo menos dois terços dos parlamentares.

Conforme explica Araújo, a proposta é uma forma de homenagear os esforços dos pioneiros que construíram Erechim, transformando-a da singela Paio Grande a uma das mais importantes cidades do Rio Grande do Sul. “A administração municipal não pode deixar de prestar essa ímpar homenagem a toda a comunidade erechinense, tornando este dia Data Magna do município”, afirma o vereador, ressaltando que, em especial em 2018, quando será celebrado o centenário da cidade, a aprovação do feriado apenas engrandeceria as festividades. “Teríamos uma grande participação da população, que se estivesse em um dia normal de trabalho não poderia comparecer aos eventos”, reflete.

Já Rossi considera oportuna a proposta do feriado por se tratar de uma data histórica, algo que muitas das grandes cidades do estado e do país já adotaram. “Todos os municípios do Alto Uruguai e a grande maioria dos municípios do Rio Grande do Sul já decretaram feriado no dia de sua emancipação. Erechim merece uma honraria semelhante, sobretudo por ser uma cidade de grande representação na região”, ressalta o vereador.

Comentários estão fechados.