Escola Caras Pintadas comemora seus 25 anos

Em 18 de fevereiro de 1993, era criada a Escola Municipal de Ensino Fundamental Caras Pintadas (EMEFCP) que festeja agora seus 25 anos. A noite desta quinta-feira (1) marcou a data com programação especial de comemoração onde participaram autoridades e toda a comunidade escolar, sob o comando da diretora da unidade, Juliana Antunes da Silva. O prefeito Luiz Francisco Schmidt prestigiou o evento juntamente com os secretários municipais de Educação, Vanir Clara Bombardelli, de Administração, Valdir Farina e de Fazenda, Roberto Fabiani.

Após serem recebidos pela Banda da EMEFCP, ex-alunos, pais e educadores deram seus depoimentos contextualizando a importância da Caras Pintadas nas suas histórias de vida. Em suas colocações, a secretária municipal da Educação rememorou momentos significativos da Escola e seu envolvimento com a comunidade local. “Educação fazemos juntos. Nas nossas casas, na escola, todos queremos formar cidadãos de bem. Vamos fazer mais pelos nossos filhos e pelos nossos alunos!”,  conclamou Vanir Clara Bombardelli.

Luiz Francisco Schmidt lembrou o histórico da unidade escolar e destacou a importância que conquistou desde sua fundação. “Estive aqui no lançamento da pedra fundamental desta Escola e hoje vejo a proporção que tomou nesta comunidade. E aqui é feita a base para o mundo lá fora”, enfatizou o prefeito municipal de Erechim.

Entre professores, estagiários e funcionários, a EMEFCP conta atualmente com um quadro de 105 profissionais e 667 estudantes do berçário ao 9º ano do Ensino Fundamental. Também atende a 85 estudantes em Tempo Integral na Educação Infantil. Dispõe de Associação de Pais e Mestres e Conselho Escolar com atribuições definidas, proporcionando discussão e transparência nos gastos dos recursos próprios e dos recebidos via FNDE.

Dentro deste perfil conquistado ao longo dos 25 anos de fundação, Juliana Antunes da Silva, diretora da Escola Municipal de Ensino Fundamental Caras Pintadas, destaca: “temos orgulho de manter o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) acima da média nacional e acima da meta projetada pelo Ministério da Educação, tanto nos anos inicias quanto finais”.

Comentários estão fechados.